WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


:: ‘Destaque3’

Em meio a críticas de Guedes, FMI anuncia fim representação no Brasil

Share Button

Por g1

FOTO: Edu Andrade/ME

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta quinta-feira (16) que fechará seu escritório no Brasil, localizado em Brasília. Segundo a instituição, isso acontecerá até 30 de junho de 2022, quando termina o prazo da atual representação.

O anúncio ocorre em meio a críticas do ministro da Economia, Paulo Guedes, a estimativas sobre a economia brasileira divulgadas pelo fundo.

Ele tem reclamado que, no ano passado, o fundo previu um tombo de quase 10% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que acabou recuando bem menos: 4,1%.

Em evento realizado em São Paulo nesta quarta-feira (15), Guedes voltou a criticar o FMI e disse que técnicos do órgão podem fazer “previsão em outro lugar”.

O ministro também confirmou nesta quarta que assinou há uma semana a dispensa da missão do FMI, mas acrescentou que o fundo pode manter o seu escritório no Brasil.

“Eu tinha assinado isso antes da crítica. Junho do ano que vem fecha (a missão aqui)”, afirmou o ministro. “Já há muitos anos que não precisavam estar aqui. Ficaram porque gostam de feijoada, futebol, conversa boa, e de vez em quando criticar um pouco e fazer previsão errada”.

Na nota em que confirma o fechamento do escritório, o FMI diz esperar a manutenção das relações com o governo brasileiro.

Para este ano, o FMI estima que o PIB do Brasil deve crescer 5,2%, número acima da projeção de alta de 4,65% feita pelos pelos analistas no último relatório Focus, do BC.

No mês passado, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia estimou uma alta de 5,1% para a economia brasileira neste ano.

Firmo Chaveiros – residencial, comercial e automotivo

Share Button

Pfizer confirma que comprimido experimental contra Covid reduziu risco de internação em quase 90%

Share Button

Por g1

Foto: Reprodução/g1

A farmacêutica americana Pfizer anunciou, nesta terça-feira (14), os resultados finais dos testes de seu antiviral experimental contra a Covid-19, o Paxlovid (nirmatrelvir).

O remédio reduziu em quase 90% a necessidade de internação de pacientes com alto risco de desenvolver casos graves da doença.

A Pfizer informou que está enviando os dados de forma contínua à Food and Drug Administration (FDA), espécie de Anvisa americana, para obter autorização de uso emergencial do comprimido.

Os resultados ainda não foram revisados por outros cientistas nem publicados em revista. Dados preliminares divulgados pela farmacêutica no início de novembro apresentaram índices similares.

“Esta notícia fornece mais corroboração de que nosso candidato a antiviral oral, se autorizado ou aprovado, pode ter um impacto significativo na vida de muitos, já que os dados apoiam ainda mais a eficácia do Paxlovid na redução de hospitalização e morte e mostram uma diminuição substancial na carga viral”, disse Albert Bourla, diretor executivo da Pfizer.

Bourla pontuou, ainda, que novas variantes de preocupação, como a ômicron, aumentaram a necessidade de tratamentos acessíveis contra Covid.

“Estamos confiantes de que, se autorizado ou aprovado, este potencial tratamento pode ser uma ferramenta crítica para ajudar a conter a pandemia”, declarou.

iFood começa a usar drones para delivery em primeira rota experimental do Brasil

Share Button

Por g1

Drone do iFood levando comida para delivery | Foto: IFood

O iFood vai iniciar na próxima quarta-feira (15) sua primeira rota experimental de entregas por drone no Brasil. A operação terá entregas intermunicipais com voos entre Aracaju e Barra dos Coqueiros (SE).

Essa é a segunda etapa do projeto para o uso de drones para delivery no país pela empresa; os primeiros testes foram realizados em Campinas (SP), em 2020, mas apenas com entregas pontuais.

Em Sergipe, o delivery por drones funcionará de 11h até 17h, de quarta a domingo. A empresa diz que recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para o uso da rota, ainda em formato de experimentação.

O drone percorrerá uma distância de 2,8 km, saindo de um shopping em Aracaju e atravessando o rio Sergipe. Com o trajeto nos ares, a rota que varia de 25 a 55 minutos nas ruas, passa para 5 minutos e 20 segundos pelo ar, diz a empresa.

A previsão é reduzir em 70% o tempo total nas entregas. O voo ocorre em um percurso pré-estabelecido, indo de um ponto certo de decolagem ao local determinado pouso.

No ponto de retirada, chamado de “droneport”, há um entregador para retirar o pedido e levar ao cliente. Essa parte final pode ser feita de moto, bicicleta ou patinete.

Sucuris com cerca de 4 metros são achadas em praias de Itacaré, no sul da Bahia

Share Button

Por g1 e TV Santa Cruz

Foto: Reproução/TV Santa Cruz

Duas sucuris, com comprimentos entre quatro e cinco metros, foram encontradas em praias de Itacaré durante o sábado (11) e domingo (12). A primeira cobra foi encontrada por banhistas no sábado, na Praia da Tiririca. Segundo a prefeitura de Itacaré, ela tem cerca de 5m de comprimento e foi resgatada por funcionários do órgão. Já a segunda sucuri foi encontrada no domingo, na Praia da Ribeira. O animal de aproximadamente 4m foi socorrido por moradores da região, pois estava desidratado. A cobra foi colocada em um tanque com água doce e depois foi levada para um serpentário na região de Serra Grande. Ainda de acordo com a prefeitura de Itacaré, a probabilidade é de que os animais tenham aparecido nas praias por causa do grande volume de água do Rio de Contas, que deságua no município.

Polícia Rodoviária apreende droga escondida em caixão dentro de carro funerário

Share Button

Por g1 SP

Foto: Divulgação

Policiais militares rodoviários apreenderam drogas escondidas em um caixão dentro de carro funerário na manhã deste domingo (12). O caso aconteceu por volta de 7h35 no km 445 da Rodovia Raposo Tavares, na altura de Assis, no oeste do estado de São Paulo, em meio à operação “Paz e Proteção”. Segundo informações da corporação, um guincho levava o veículo funerário e eles decidiram abordá-lo. Foi quando identificaram tabletes de maconha no caixão. O motorista do guincho afirmou ter sido contratado para levar o carro funerário, modelo Quantum, de Limeira em direção a Londrina, no Paraná. A ocorrência foi registrada na Central de Polícia Judiciária de Assis. Não há informações sobre a quantidade de entorpecentes apreendidos.

Contra poluição, start-up francesa transforma pontas de cigarro em roupa de inverno

Share Button

Com Informações da France24 e RFI

Cigarros viram colete desenvolvido por start-up francesa | Foto: TchaoMegot

Cada filtro de cigarro deixado na natureza leva 12 anos para desaparecer, e deixa com ele substâncias químicas pelo caminho. Para resolver este problema, uma start-up francesa desenvolveu um método para despoluir os filtros e reutilizá-los. O material tratado vira tecido e é usado na confecção de roupas de inverno.

Tudo começa na periferia de Paris, em Saint-Denis, onde o coletivo No Mégots (Sem bitucas) faz um trabalho específico de conscientização sobre a toxicidade das pontas de cigarro deixadas no meio ambiente.

O coletivo também trabalha na coleta das bitucas, espalhando lixeiras apropriadas e recolhendo o material, que é enviado para uma empresa que desenvolveu um tratamento específico para despoluí-lo e reciclá-lo.

A primeira coisa é selecionar o material. A folha de papel, as cinzas e o resto de tabaco de cada cigarro são separados e vão para a compostagem. Os filtros passam por um tratamento que extrai cerca de 5.000 substâncias tóxicas, entre elas a nicotina.

A fibra obtida a partir do tratamento dos filtros não tem cheiro e não é tóxica. E vira matéria-prima de um tecido isolante, que pode ser usado na construção civil, para o isolamento de paredes, ou na fabricação de roupas.

“Temos a vocação de nos tornarmos um dos principais atores da reciclagem de pontas de cigarro na França, e também no território europeu. Estamos investindo em uma unidade industrial para poder processar uma quantidade ainda maior de cigarros”, explica a engenheira da TchaoMégot Amélie Velte.

Neste ano, a start-up decidiu apostar no uso de sua fibra ecológica para fazer coletes de inverno veganos e “made in France”.

Cada colete de inverno utiliza os filtros de 3.200 cigarros, e é vendido por 100 euros (cerca de R$ 600).

Pesquisa de intenções de voto para 2022 aponta Lula com 46% e Bolsonaro com 23%

Share Button

Fotos: Sérgio Lima/Poder360

De acordo com uma pesquisa de intenções de voto divulgada nesta quarta-feira (8) pela Quaest/Genial, o ex-presidente Lula (PT), ficou na melhor colocação com 46% das intenções de voto. Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu 23%.

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro (Podemos), aparece à frente de Ciro Gomes (PDT), com 10% das intenções de voto. O pedetista tem 5%. Já João Doria (PSDB) aparece com 2% e Rodrigo Pacheco (PSD) com 1%.

Conforme divulgou a CNN Brasil, em um outro cenário onde Doria e Pacheco não participam do pleito, o Moro sobe um ponto, somando 11% das intenções de voto. Neste cenário, Lula e Bolsonaro também sobem um ponto, chegando a 47% e 24% respectivamente.

Em um cenário sem Moro e Doria, Lula atinge 48%, Bolsonaro vai a 27%, Ciro Gomes chega a 8% e Rodrigo Pacheco alcança 2%.

Ainda de acordo com o levantamento, que ouviu 2.037 pessoas em entrevistas presenciais entre os dias 2 e 5 de dezembro, em um 2º turno, o petista vence em todos os cenários, e Bolsonaro perde para todos os principais concorrentes. Uma disputa com Bolsonaro teria Lula com 55% dos votos contra 31% do atual presidente. Em um eventual segundo turno com Moro, Lula soma 53% dos votos contra 29% do ex-ministro.

Casal de mulheres registra queixa na delegacia após trocar selinho em bar e ter pedido cancelado: ‘Dói muito’

Share Button

Foto: Arquivo pessoal

Um casal de mulheres registrou boletim de ocorrência relatando que teve o pedido cancelado em um bar após trocar selinho dentro do estabelecimento, em Catanduva (SP), no último domingo (5).

Segundo o g1 apurou, a repositora Raíssa Furlan, de 25 anos, e a barbeira Beatriz Péulopi de Oliveira Ribeiro, de 26 anos, chegaram ao estabelecimento por volta das 2h.

Raíssa conta que a companheira foi falar com o filho do dono do bar quando perguntou se podiam pedir alguma coisa para beber. “Nós pedimos dois drinques para o garçom, sentamos em uma mesa e demos um selinho. O dono do bar estava em uma distância considerável, mas olhou e fez um sinal do tipo: aqui, não. É um bar que costumamos frequentar. Nós tínhamos uma certa amizade com o dono, porque a Beatriz já tocou no bar”, completa Raíssa.

Como costumavam frequentar o estabelecimento, Raíssa e Beatriz pensaram, no momento em que viram o sinal, que o dono do bar estava fazendo algum tipo de brincadeira com a situação.

“A Beatriz veio para me dar um beijo no rosto. O dono virou, disse que mandaria cancelar o pedido que tínhamos feito e perguntou se duvidávamos. Ela achou que era uma brincadeira e disse que duvidada. Ele se levantou, foi ao garçom, no meio de todo mundo, e disse para cancelar nosso pedido”, comenta Raíssa.

A repositora conta que ficou sem entender, decidiu se levantar da cadeira e perguntou para o garçom se o pedido realmente tinha sido cancelado.

“O garçom, meio envergonhado, respondeu que nosso pedido estava quase pronto, mas que, realmente, tinha sido cancelado pelo dono do bar. Nós pegamos e fomos embora”, afirma Raíssa.

Indignada com o que tinha acabado de acontecer, Raíssa decidiu usar as redes sociais para fazer uma publicação sobre o assunto e foi dormir.

“Acordamos e tinham muitas mensagens nos nossos celulares. As pessoas viram a publicação e resolveram organizar um protesto na frente do bar. O protesto foi feito na noite de domingo. O dono do bar já tinha ligado e pedido desculpas para a Beatriz, mas, para nós, não adiantou. Parece que foi uma desculpa um pouco forçada para não acontecer o protesto”, diz Raíssa.

Grupo protestando na frente de bar em Catanduva | Foto: Arquivo pessoal

“Ele falou que nunca tratou a gente mal, mas que, infelizmente, não sabe o que aconteceu, e que agiu sem pensar. É difícil conseguir assimilar o que sentimos. A gente fica pensando em como iremos reagir, mas é um choque muito grande quando acontece. É uma dor que pode parecer pequena para as pessoas, mas realmente dói muito. Só quem passa na pele sabe”, afirma Raíssa.

Procurado pelo g1, o dono do bar enviou uma nota dizendo que o ocorrido foi um mal-entendido.

“Se fui mal interpretado, já fiz até meu pedido de desculpas a quem quer que tenha se sentido ofendido. Quem conhece nosso estabelecimento e nossa família sabe que sempre primamos pelo bom atendimento e respeito a todos.”

A Polícia Civil de Catanduva vai ouvir os envolvidos para decidir se abre inquérito.

Comissão da Câmara aprova projeto que cria cadastro nacional de pedófilos

Share Button

Por Agência Câmara

Foto: Getty Images

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou na segunda-feira (6) o projeto de lei que cria o cadastro nacional de pessoas condenadas por crimes relacionados à pedofilia. Segundo o texto, o cadastro será organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e reunirá fotografia e informações por estupro de vulnerável; corrupção de menores; exploração sexual de criança, adolescente ou vulnerável; e delitos praticados por meios digitais, como produzir, armazenar, divulgar ou expor vídeo de sexo envolvendo criança ou adolescente. O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia