rebelião-em-feira-1

Foto: Reprodução

Chegou ao fim na manhã desta segunda-feira (25) a rebelião no conjunto penal de Feira de Santana, que foi iniciada na tarde de domingo (24) e deixou oito detentos mortos e cinco feridos. Parentes dos detentos, entre eles crianças, que se dirigiram ao presídio para a visita dominical, foram feitos reféns dentro do pavilhão e passaram a noite no local, sendo liberados nesta manhã, após a saída dos detentos, que foram transferidos para outro pavilhão. Ainda não há informação sobre a quantidade exata de pessoas que foram feitas reféns. Os presos exigiram a presença da comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores, bem como o presidente da Casa, Reinaldo Miranda (Ronny), para liberação das famílias. Ronny esteve no local na tarde de ontem e retornou nesta manhã. “Chegamos nas primeiras horas da manhã, pois eles disseram que só se entregariam com a chegada da Comissão de Direitos Humanos. Conversamos com eles, que começaram a sair em grupos”, afirmou. O Coronel Adelmário Xavier informou que houve dificuldades nas negociações, mas que após conversas, os detentos começaram a ser revistados e transferidos para outro pavilhão da unidade penal. A PM vai fazer uma varredura no local. Informações do site Acorda Cidade.