Correio24horas
KZ_Daniela-Mercury-audiencia-Campanha-contra-homofobia_05202015011

Foto: Karina Zambrana/ MS

Daniela Mercury recusou o convite para assumir a Secretaria Nacional de Cultura, segundo a repórter fotográfica Marlene Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. A cantora foi procurada pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP). Marta recebeu o não de Daniela depois de fazer contato com a artista baiana no início desta semana, segundo a coluna Mônica Bergamo. Nas redes sociais, Daniela Mercury é uma das artistas que se posicionaram contra a fusão do Ministério da Cultura com o de Educação. “Um povo que cala seus artistas, cala sua própria voz”, escreveu Daniela no Instagram. Outras quatro mulheres procuradas pelo governo de Michel Temer (PMDB) para a secretaria de Cultura, antigo Ministério de Cultura, já teriam recusado convites: a atriz Bruna Lombardi, a jornalista e apresentadora Marília Gabriela, a antropóloga Cláudia Leitão e a consultora de projetos culturais da FGV (Fundação Getulio Vargas), Eliane Costa. Em meio às críticas relacionadas à ausência de mulheres no ministério, Temer tem procurado uma mulher para ocupar a pasta.