Do G1 BA
homicidio_reviver_2-e1410865154573

Suspeito confessou que matou detento em presídio | Foto: Radar 64

Um interno do Conjunto Penal de Eunápolis, no sul da Bahia, foi morto por outro preso na tarde desta segunda-feira (15). De acordo com o titular da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Eridelson Bastos, o suspeito disse em depoimento que provocou o homicídio para ser transferido de unidade penal. O crime foi cometido com uma lâmina de barbear.

Segundo o delegado, o interno responsável pelo crime, que tem 34 anos, disse que a vítima escolhida, além de já ter discutido com ele,  teria sido responsável pela morte de três mulheres, “que ele diz que não aceita”, detalha Eridelson Bastos.  O crime ocorreu por volta das 14h30. Após o crime, o preso foi retirado da unidade penal e encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante. Conforme o delegado, o interno está preso há 20 anos e responde por quatro homicídios, três roubos, formação de quadrilha, duas acusações de tráficos e duas de porte ilegal de arma. 

Ainda segundo o delegado, o preso detalhou que cometeu o crime para ser transferido ao presídio de Porto Seguro, onde tem familiares, ou qualquer outra unidade penal onde já estivesse acostumado com a convivência, como as localizadas em Itabuna e Teixeira de Freitas. De acordo com Eridelson Bastos, o preso termina de prestar depoimento ainda nesta noite e, logo em seguida, retorna para o Conjunto Penal de Eunápolis.