bell_1

“Foram 30 anos juntos e alí estão meus irmãos”, disse Bell ao G1 | Foto: Mauro Zaniboni /Ag Haack

No último dia do carnaval de Salvador, o cantor Bell Marques avaliou o seu primeiro ano em carreira solo, após deixar a banda Chiclete com Banana. Ele comanda o “Camaleão” no circuito Dodô (Barra/Ondina), na tarde desta terça-feira (17). Ao G1, Bell contou que “já tem um desprendimento musical completo” do grupo, mas destacou que ainda mantém uma ligação afetuosa com os ex-companheiros. “Obviamente que, eternamente, existirá uma ligação. Foram 30 anos juntos e alí estão meus irmãos. Não saí brigado com ninguém. Entretanto, musicalmente, não me sinto mais vinculado”, relatou. Pouco antes de subir ao trio, Bell contou também que está surpreso com o comportamento do público esse ano. “Vi muita gente na rua e a participação do folião. Tudo isso na paz. Realmente, o folião foi o grande destaque desse ano”, considera. O músico comentou também como lida com ansiedade antes das apresentações. “Sabe aqueles últimos minutos da partida, em que você começa a chutar para todos os lados? Hoje estou assim. O folião pode esperar tudo de mim no último dia de carnava”, conclui.