O Globo
20141108_155816

Fachada do Colégio Santa Emília, onde a candidata Edvania Florinda morreu – Foto: Amanda Miranda

Uma candidata do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve um AVC e morreu no Colégio Santa Emília, um local de aplicação da prova no bairro do Jardim Atlântico, em Olinda, Região Metropolitana de Recife. A comerciante Edvania Florindo de Assis, de 32 anos, chegou a ser atendida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu), mas não resistiu e faleceu no local. 

Segundo funcionários que trabalham na entrada da escola, Edvania foi, primeiramente, a uma outra unidade do Colégio Santa Emília, a cerca de 1km de distância, no mesmo bairro do Jardim Atlântico. Quando percebeu que estava no prédio errado, correu para o endereço certo. Ela atravessou os portões de entrada quatro minutos antes do seu fechamento, mas desmaiou em seguida. Acordou pouco depois, mas logo desmaiou de novo. Edvania foi socorrida pela enfermeira do local e pela equipe do Samu, que não puderam salvá-la.

Edvania estava acompanhada do sobrinho e do marido, Ginaldo Antonio de Araújo, com quem tinha uma filha de 4 anos de idade. Ginaldo, que também é comerciante, contou que eles estavam juntos há seis anos.