Do G1 BA, com informações do Bom Dia Brasil
93e18ba1ac9d35f1e474aac9a906617078957dbe

Distribuídas por programa do governo federal, bicicletas estão em depósito

Bicicletas do programa do governo federal “Caminhos da Escola”, que deveriam ser entregues há três anos a estudantes da zona rural de Arataca, a 510 quilômetros de Salvador, estão em um depósito da prefeitura da cidade, sem uso. Por causa desse atraso, alunos da rede pública de ensino têm que andar cerca de 40 minutos no meio da mata para chegar à escola.

De acordo com os estudantes, o trajeto é cheio de buracos, lama, não possui energia elétrica e o percurso é longo. Enquanto eles passam por essas dificuldades, 125 bicicletas do “Caminhos da Escola”, que deveriam ajudar no transporte, estão em um depósito da secretaria de Educação, guardadas e acumulando poeira. Segundo o Ministério da Educação, a prefeitura recebeu, em 2011, 350 bicicletas e, três anos depois, 225 foram entregues e 125 estão no depósito.

O programa tem como objetivo melhorar o acesso às unidades de ensino. Estudantes da região reclamam que nem todos os alunos receberam a bicicleta. Segundo o prefeito da cidade Fernando Mansur, a entrega vai ser feira até o fim do mês de outubro. “Essas bicicletas não foram entregues porque num processo de transição de governo não foi passado nada para nossa administração”, afirma. Enquanto as bicicletas estão sem uso, os alunos são liberados mais cedo para voltarem para casa. O Ministério da Educação abriu uma auditoria para investigar a situação.