IMAGEM_NOTICIA_5

Foto: Reprodução

Considerada uma estratégia “ousada”, a defesa do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró entrou silenciosamente com uma ação na Comissão de Ética Pública da Presidência transferindo a responsabilidade pela compra da refinaria de Pasadena à presidente Dilma Rousseff (PT). Para a defesa de Cerveró, cabe a Dilma responder pela gestão da estatal, que é ex-presidente do Conselho de Administração. De acordo com a coluna Radar Online do jornalista Lauro Jardim, suas movimentações financeiras nos anos de 2005, 2006 e 2011 são questionadas pela Controladoria Geral da União (CGU), especificamente na compra de uma casa na Região Serrana por R$ 100 mil e a posterior venda por R$ 850 mil.