Extrato-Bolsa-Familia-Zika-Zero

Beneficiários do programa vão receber mensagens sobre como evitar a proliferação do mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e o vírus zika.

A partir deste mês de fevereiro, mensagens informativas sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti serão impressas nos extratos de pagamento do Bolsa Família. Desde terça-feira (16), ao sacarem os valores, os beneficiários são convocados a se engajar no combate ao mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e o vírus zika, este último associado a casos de microcefalia em bebês. De acordo com a CAIXA, os textos impressos nos extratos trazem informações sobre como evitar a proliferação e se proteger do mosquito. Gestantes que já fazem acompanhamento pré-natal recebem mensagens especiais sobre o uso de repelentes e de roupas que cubram braços e pernas. Em geral, as mensagens destacam alguns cuidados necessários para evitar o nascimento do mosquito, como não deixar água parada em calhas, pneus, garrafas e plantas. O diretor executivo em exercício do Programa Bolsa Família e Benefícios Sociais da CAIXA, Jose Umberto Pereira, destaca que informações sobre o combate ao mosquito devem ser disseminadas entre todos os segmentos da população. “O extrato do Bolsa Família é um importante instrumento de comunicação com os beneficiários do programa. Com toda essa mobilização do governo federal de combate à dengue e às doenças transmitidas pelo mosquito, é importante também que as famílias que fazem parte do programa sejam informadas sobre o assunto e possam se engajar nessa luta”, diz.

Redação Notícias de Santaluz