bebefeira

Criança com pouco mais de um mês precisa fazer três operações | Foto: Reprodução/Rede Bahia

Um recém-nascido com hidrocefalia internado há 42 dias na UTI do Hospital da Mulher em Feira de Santana aguarda transferência para uma unidade mais capacitada para fazer três tipos de cirurgia. A demora já passa mais de 40 dias. Familiares do bebê também já acionaram o Ministério Público do Estado (MP-BA), mas não houve resposta da Justiça até agora. Além da microcefalia, o bebê nasceu com o lábio leoporino e fenda palatina, fissura labial e abertura no céu da boca. Segundo o Acorda Cidade, devido aos problemas, a alimentação da criança é feita por sonda. Os médicos da unidade afirmam que já está difícil aplicar medicação no bebê, por conta de não haver mais acesso para as veias. Até agora, mais de 30 relatórios médicos já foram encaminhados para a central de regulação da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), sem solução até o momento.