Share Button

Do Acorda Cidade

111164-3

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

O Guarda Municipal de São Gonçalo dos Campos, Otávio Galvão Andrade Neto, 36 anos, foi assassinado por volta de 1h45 da madrugada desta sexta-feira (21) com cerca de 40 facadas, na casa onde ele residia no conjunto Feira IX, em Feira de Santana. O corpo foi encontrado despido, com a boca amordaçada, e completamente ensanguentado em um quarto. Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios, informou que havia várias pessoas bebendo na casa da vítima desde cedo, e que um casal suspeito foi visto saindo da garagem da residência em um veículo Gol branco (placa final 9444), logo após o crime. 

Ainda segundo o delegado, os vizinhos ouviram os gritos da vítima pedindo socorro e falando: “Não me mate, Tamires”. Os golpes de faca atingiram várias partes do corpo, principalmente mãos, braços e pernas, enquanto a vítima tentava se proteger, e um corte profundo pescoço, que quase degolou o guarda municipal. A polícia já iniciou a investigação do crime e procura a mulher de prenome Tamires. Conforme informações obtidas no local, Otávio morava só e frequentemente realizava festas em sua casa com muita bebida alcoólica.