O Globo
102_209-blog-shot

Foto: Reprodução/Isaac Martinez

Uma das vítimas de um tiroteio em Mesa, no Arizona (EUA), foi baleada no ombro e teve uma reação inesperada: tirou selfies e enviou para as pessoas nas redes sociais. O cozinheiro Isaac Martinez, 20 anos, mandou Snapchats no momento depois do tiro e depois quando ele estava sendo tratado no hospital. Uma repórter local pegou as imagens e as compartilhou no Twitter. Isaac, em seguida, descreveu o que aconteceu em seu Facebook. Segundo o cozinheiro, o suspeito Ryan Giroux se aproximou e disse-lhe para entregar as chaves de seu carro. Quando Isaac se recusou, Ryan atirou nele.Imediatamente depois, Isaac postou uma foto com sua roupa manchada de sangue no Snapchat. O tiroteio matou uma pessoa e deixou cinco feridos. Ryan Giroux foi preso, após perseguição da SWAT. Segundo a imprensa local, ele teria várias tatuagens no pescoço com símbolos que identificam os supremacistas brancos.