Share Button
rtemagicc_123_eli_stewart_cancer-jpg

Eli Stewart, 19, sensibilizou vários pessoas contando sua ‘história de superação’ | Foto: Reprodução

O escocês Eli Stewart, 19 anos, está sendo investigado pela polícia de Glasgow, na Escócia, após a Clutha Trust, uma entidade beneficente que o acolheu o rapaz, denunciá-lo por ter fingido estar com câncer. A ideia dele, segundo a entidade, era comover as pessoas e conseguir arrecadar dinheiro. De acordo com a Clutha Trust, Eli inventou tumores nos pulmões e no estômago. “Esse cara apareceu na Clutha um ano atrás e disse que estava em estado terminal que tinha seis meses de vida”, revelou Alan Crossan, fundador da entidade, ao jornal Daily Record. “Ele começou falando em câncer, depois em epilepsia e transplante de coração. Isso disparou o meu alarme”, acrescentou. Crossan disse ainda que quando desconfiou das histórias contadas por Eli, ele apresentou o e-mail de um médico sobre sua condição, mas um representante do médico negou o envio desse e-mail. Para sensibilizar as pessoas, o rapaz postou na internet em um hospital com o cabelo raspado, como se estivesse passando por algum tratamento. Ele conseguiu ganhar de presente um violão de cerca de R$ 4 mil e ganhou passagens para uma viagem a Belfast, na Irlanda do Norte.