Bahia Notícias
xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.IETF7H3NZc

Denúncia foi feita pela Rede Record | Foto: Divulgação

Peixe que deveria ser destinado à merenda escolar em Salvador é vendido em um supermercado de Goiás. De acordo com reportagem da Record, um homem identificou o suposto desvio após fazer compras de peixe em posta. “Depois que eu passei no caixa do supermercado, quando eu estava me deslocando para o meu carro, guardando os produtos, resolvi dar uma olhada no peixe. Achei estranho uma etiqueta, com um fundo lá dizendo que aquela era um produto da merenda escolar e que tinha a venda proibida”, afirmou. Segundo o homem, que não quis se identificar, a etiqueta mostrava que o produto era da prefeitura de Salvador e o pacote do peixe custou R$ 18,50. Em visita ao supermercado, a reportagem da Record achou mais unidades com a identificação da prefeitura de Salvador sendo vendidas. Em contato com o gerente do mercado, a reportagem foi informada que o lote poderia ser “uma venda trocada ou identificação do fornecedor de forma errada. Porque o código é nosso, a entrada é nossa, a gente tem a nota da mercadoria. Ela foi paga”.