por Juca Kfouri | Uol Esporte
14out2014-neymar-comemora-apos-marcar-seu-terceiro-gol_002 (1)

Foto: Reprodução

A seleção brasileira fez valer a supremacia histórica sobre o Japão e goleou o adversário nesta terça-feira, em Cingapura, por 4 a 0. Com quatro gols de Neymar, o Brasil vê a consolidação de uma linha ofensiva que atua com troca de posições e velocidade. Depois de Tardelli comandar a vitória sobre os argentinos, desta vez coube ao camisa 10 assumir o papel de goleador. Preciso, o capitão de Dunga não desperdiçou as oportunidades que teve, aparecendo como um exímio centroavante. Não faltou gol nem de cabeça.

A seleção alcança a quarta vitória seguida sob o comando do técnico, ostentando também uma defesa invicta. Mesmo sem David Luiz, vetado por causa de dores na coxa direita, a zaga, que teve Gil e Miranda, não encontrou dificuldades para conter as poucas chances criadas pelo Japão.

O resultado faz com que Dunga iguale o feito de Carlos Alberto Parreira, de 22 anos atrás, quando o técnico venceu os quatro primeiros jogos à frente da seleção. E o novo comandante terá a chance de ampliar a marca no próximo mês, quando o Brasil fechará o ano com dois amistosos diante de Turquia e Áustria, nos dias 12 e 18 de novembro, respectivamente.