Share Button

Por G1 BA

Paciente estava em leito localizado no quarto andar do hospital | Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Paciente estava em leito localizado no quarto andar do hospital | Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Um paciente que estava internado no Hospital Espanhol, unidade de campanha para tratamento exclusivo de pessoas com Covid-19, em Salvador, provocou um princípio de incêndio em ala da enfermaria e tentou fugir da unidade. O caso ocorreu por volta das 23h de terça-feira (5). O paciente usou um isqueiro e colocou fogo em um colchão. Depois disso, ele pulou por uma das janelas, caiu em uma laje e fraturou uma das pernas. Ele foi levado para o Hospital Municipal. Não houve outros feridos. No 4º andar do Hospital Espanhol, havia outros 32 pacientes. Destes, 26 foram transferidos para outras unidades da capital baiana, como os hospitais Ernesto Simões, Municipal e Couto Maia. Segundo o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, o paciente estava no quarto 429 da unidade e teria sofrido um surto psicótico, que teria sido causado por uma baixa oxigenação do sangue. “O paciente não tinha histórico de problemas psiquiátricos. A gente acredita que isso possar estar relacionado com a baixa oxigenação”, falou. O paciente tem 55 anos e vive em um sítio na cidade de Conceição de Feira. Ele foi regulado na segunda-feira (4) para o Hospital Espanhol. Testemunhas contaram que, enquanto recebia socorro, após se jogar da janela, o paciente ficava repetindo: “Quero voltar para casa”. Fábio Vilas-Boas falou que, após vistoria e liberação dos bombeiros, a previsão é de que os leitos do Hospital Espanhol estejam liberados para receber novos pacientes em 24h. “Foram apenas danos físicos localizados em um dos apartamentos”, disse. O secretário ainda falou que grades de alumínio serão instalados nas janelas da unidade.