Share Button

Por O Globo

Sérgio Reis e deputado Otoni de Paula | Foto: Eduardo Galeno/Divulgação; Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O cantor Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) são alvos de operação da Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os mandados foram autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, e atendem a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que apura manifestações contra as instituições e a democracia. Agentes da Polícia Federal foram ao menos a quatro endereços no Rio e em Brasília ligados ao cantor, na casa e no gabinete do deputado. “O objetivo das medidas é apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”, afirmou a PF, em nota. Também estão sendo cumpridos mandados em Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso, Ceará e Paraná. Outro alvo da operação foi Marcos Antônio Pereira Gomes, dono do canal no Youtube “Zé Trovão a voz das estradas”. Ele publicou um vídeo dizendo que, por ordem de Moraes, a Polícia Federal foi até sua casa em Joinville e apreendeu bens. Também afirmou que está lutando para viver num país melhor e que nada disso o assusta.