Share Button
Foto: Ricardo Stuckert

Foto: Ricardo Stuckert

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai recorrer da decisão do juiz Sérgio Moro que negou, nesta quinta-feira, o pedido de absolvição sumária em ação que a ex-primeira-dama Marisa Letícia — morta no mês passado, vítima de aneurisma cerebral — é ré na Justiça Federal de Curitiba. Em seu despacho, Moro determinou a extinção da punibilidade de Dona Marisa, mas não entrou no mérito acerca da responsabilidade ou inocência da acusada. “O código de processo penal impõe a absolvição sumária na hipótese da extinção da punibilidade do fato, como ocorre quando do falecimento do acusado”, afirma o advogado Cristiano Zanin Martins, em nota divulgada no final da noite desta quinta. A ex-primeira-dama responde a duas ações no âmbito da Lava Jato por lavagem de dinheiro. Um dos processos é referente ao tríplex do Guarujá; o outro diz a respeito à cobertura vizinha ao apartamento do casal em São Bernardo do Campo.