Share Button

Por G1 Bahia

Foto: Secretaria de Comunicação de Salvador / Divulgação

Foto: Secretaria de Comunicação de Salvador / Divulgação

A prefeitura de Salvador abriu credenciamento para cotação de quatro mil caixões que poderão ser utilizados para o caso de mortes por coronavírus. Os itens são destinados para atender a demanda de auxílio por morte para famílias de baixa renda por meio do benefício assistencial “Auxílio Funeral”. O credenciamento foi publicado no Diário Oficial do Município na última terça-feira (28). A secretária Municipal de Promoção social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos, ponderou que a compra não deve gerar pânico, já que é uma medida preventiva. “A quantidade cotada não deve causar pânico na população, já que a prefeitura não é obrigada a utilizar as 4 mil urnas. Elas ficam à disposição caso haja necessidade do uso”, disse a secretária por meio de nota. O contrato tem vigência de um ano. Além do caixão, outros itens deverão ser fornecidos. “O contrato é específico, já que cumpre as regras referentes às mortes por Covid-19, a exemplo de saco especial, caixão lacrado, dentre outras”, completou Ana Paula Matos. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) na noite da última quarta-feira (29), mais de 1,5 mil pessoas foram diagnosticadas com coronavírus em Salvador, com 62 óbitos.