bancoImagemFotoAudiencia_AP_312301

Ministros Celso de Mello (esquerda) e Ricardo Lewandowski | Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF

No início da sessão plenária desta quinta-feira (17), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que os constituintes de 1988 atribuíram à Corte a “elevada missão de manter a supremacia da Constituição Federal e a manutenção do Estado Democrático de Direito”. O ministro ressaltou que os juízes do Tribunal, no cumprimento de suas funções, “não faltarão aos cidadãos brasileiros”. A afirmação está relacionada às declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, em conversa telefônica interceptada judicialmente, disse que a Corte estaria “acovardada”. Ainda em relação à afirmação feita pelo ex-presidente Lula, o ministro Celso de Mello, decano do STF, afirmou que “ninguém, absolutamente ninguém, está acima da autoridade das leis e da Constituição de nosso País”.

Redação Notícias de Santaluz