IMAGEM_NOTICIA_5

Promotor foi abandonado perto da entrada para Santo Amaro /Foto: Reprodução

Um promotor de Justiça foi alvo de uma tentativa de sequestro quando saia de uma festa na madrugada deste sábado (5) em Feira de Santana. O promotor público Audo da Silva Rodrigues, de 41 anos, chegou a ficar cerca de uma hora sob poder de criminosos com revólveres apontados para ele. Ao Correio24horas, o promotor disse que temeu ser reconhecido pelos acusados. “Eles perguntaram minha profissão e eu disse que era advogado. Eu fiquei com medo deles descobrirem minha real profissão”, conta.  O promotor declarou que o grupo estava à espera dele quando saía do evento. Audo estava acompanhado da mulher e de uma amiga. Ele pediu que as duas o aguardasse e foi pegar o carro, uma Amarok branca, ainda não recuperada, no estacionamento. No momento, os bandidos o surpreenderam e o levaram do local. Rodrigues disse que os ladrões não o agrediram fisicamente e diziam a todo tempo que “só queriam o carro para fazer um serviço”. O promotor foi abandonado em um trecho da BR-324, próximo ao viaduto que dá acesso a Santo Amaro.