d392d1e0-be4b-4937-a171-0b2f9f9532cc

Conselheiros cobram ainda melhorias na sede do conselho tutelar de Queimadas | Foto: Cidicleiton Souza/Zé Bim

Conselheiros tutelares do município de Queimadas estiveram na Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (16) apara reivindicar apoio dos parlamentares. O grupo pediu apoio dos vereadores para pressionar a prefeitura a pagar o salário da categoria, que está há cerca de 45 dias sem receber seus vencimentos. Além do atraso de pagamentos, eles ainda reclamam de más condições de trabalho. Em contato com a reportagem, um dos conselheiros disse que o telefone e o abastecimento de água da sede do conselho foram cortados, além de não ter acesso à internet no local. Procurada pela reportagem, a assessoria da prefeitura informou que está em dia com os conselheiros, cujos salários foram pagos na quarta-feira [no entanto, um conselheiro afirma ter recebido apenas nesta quinta, e sem o reajuste salarial previsto em lei]. Sobre as más condições de trabalho alegadas pelos conselheiros, a prefeitura disse que os cortes de linha telefônica e de abastecimento de água na sede do conselho ocorreram devido a atraso no pagamento de algumas contas, e que inclusive o corte da água atingiu outros setores da gestão. De acordo com a assessoria da prefeitura, os problemas serão solucionados em breve. Já em relação à internet, a prefeitura alega não existir problema algum.

Redação Notícias de Santaluz