Share Button

Por GloboNews

Foram quase 700 trocas de tiros registradas, recorde no ano | Foto: Reprodução/GloboNews

Foram quase 700 trocas de tiros registradas, recorde no ano | Foto: Reprodução/GloboNews

Até agora, agosto é o mês de 2018 com mais registros de tiroteios no Estado do Rio. Foram 692, segundo o aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT). Foram mais de 22 trocas de tiros por dia, quase um por hora. De janeiro a agosto, o Estado teve 4177 registros de tiroteio. Na capital, foram quase 3 mil. Belford Roxo teve 303 e Angra dos Reis, 297. No Rio, a terceira região com maior número de registros foi a Vila Kennedy, local escolhido para ser o laboratório modelo da intervenção federal. Foram 164, atrás somente de Cidade de Deus (189) e Praça Seca (186). Especialista em segurança pública, Robson Rodrigues atribui a violência ao que chama de vácuo de poder. “Um governo que faz uma intervenção nesse nível que empurra polícia para combate e número de operações cada vez maior e fica esquecendo essa outra parte (social)”, diz.