WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Santaluz: luzense fica gravemente ferido após levar tiro na cabeça durante tentativa de assalto em Camaçari

12289635_768482586589110_5768888546320423578_n

Luzense foi internado, em estado grave, no Hospital Geral de Camaçari | Foto: Reprodução/Informa Bahia

Um homem identificado como Manoel da Silva Santos, conhecido como ‘Nézio’, de aproximadamente 60 anos, natural de Santaluz, levou um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. O crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (3), por volta das 6h30. De acordo com informações do site Camaçari Notícias, o luzense estava tomando café no refeitório da empresa onde trabalha, quando foi abordado pelos assaltantes que lhe pediram o celular. Ainda de acordo com o site, a vítima disse que não estava com o aparelho em mãos, se levantou buscar o equipamento no carro e foi baleado. Segundo informações do Informa Bahia, o luzense foi socorrido por populares e encaminhado ao Hospital Geral de Camaçari, onde permanecia internado em estado grave até a noite desta quinta-feira. Ele foi examinado por um neurologista e deverá ser transferido para outra unidade médica. Manoel é natural de Santaluz, da região do povoado de Lajedinho, mas mora atualmente em Camaçari, onde trabalha na duplicação da Via Atlântica (BA-530), mais conhecida como Estrada da Cetrel.

Redação Notícias de Santaluz

2 respostas para “Santaluz: luzense fica gravemente ferido após levar tiro na cabeça durante tentativa de assalto em Camaçari”

  • Ronaldo Matos disse:

    Gostaria de fazer um apelo para o secretário de saúde do Estado, o senhor Fábio Vilas-Boas, para agilizar um leito de UTI para o senhor Manoel da Silva Santos, trabalhador da construção pesada que está internado desde ontem (03/12) em estado grave no Hospital Geral de Camaçari (HGC), após receber um tiro na cabeça durante um assalto em seu local de trabalho, na obra de duplicação da Estrada da Cetrel.

    A empresa para qual o mesmo trabalha já disponibilizou uma UTI móvel para fazer a transferência do paciente para Salvador porém a regulação estadual ainda não conseguiu um leito para o mesmo em um hospital especializado de Salvador.

    Será que perderemos mais um trabalhador, pessoal de bem, querido entre amigos e familiares para a violência que assola nosso estado? Não quero acreditar nisso…

    • Elias R. da Silva disse:

      …infelizmente meu amigo ele não suportou e veio há óbito neste final de semana.Mais uma vitima do descaso da saúde publia em nosso país.Triste, né!?

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia