IMAGEM_NOTICIA_5

Foto: Divulgação

O secretário da Fazenda da Bahia, Manoel Vitório, aponta que o pedido de R$ 14 bilhões feito por estados das regiões Norte e Nordeste está relacionado à manutenção da paz social. Em entrevista ao jornal Valor Econômico, ele afirma que é possível inclusive parcelar o salário de servidores no final do ano. “Não estamos fora do contexto dos Estados e não estamos livres de parcelar pagamentos de servidores em dezembro”, alertou. Os governadores que pedem os recursos da União devem voltar a pleitear o montante em Brasília nos próximos dias. Para o governador Rui Costa, o  acordo da renegociação da dívida dos Estados com a União beneficia os estados mais ricos e mais endividados e traz poucos efeitos para quem  possui a dívida sob controle.