Com informações do Acorda Cidade
68508-3

Polícia suspeita que Judicael tenha sido vítima de espancamento | Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Em menos de um mês, dois homicídios foram registrados no Conjunto Penal de Feira de Santana. Na manhã desta sexta-feira (7), o detento Judicael Santos Lago, conhecido como ‘Pardal’, foi encontrado morto com diversas marcas pelo corpo e a polícia suspeita de espancamento. No dia 12 de outubro deste ano, o detento Valdomiro Pereira Ribeiro foi morto também, vítima de espancamento.  Judicael estava preso na cela 37 do pavilhão sete, junto com outros sete detentos. Ele estava preso desde o dia 5 de agosto deste ano e já tinha sido detido outras três vezes, acusado de homicídio e tráfico de drogas. Segundo a delegada Dorean dos Reis Soares, os principais suspeitos de terem praticado o crime são os outros presos que dividiam a cela com ele. “Foi encontrado o corpo na parte de cima de um beliche com várias lesões pelo corpo, provavelmente por espancamento, mas isso o laudo cadavérico vai confirmar. Parece que o pescoço dele também foi quebrado. Houve um homicídio e os principais suspeitos, a princípio, seriam os detentos da cela dele, onde todos serão ouvidos”, informou.