IMAGEM_NOTICIA_5

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Um serial killer acusado de matar 15 pessoas foi preso nesta quinta-feira (21) no distrito de Nova Descoberta, em Petrolina. Roberto Gonçalves da Silva, o ‘Diabo Loiro’, estava foragido desde novembro, quando, em cumprimento de regime aberto, quebrou a tornozeleira eletrônica e fugiu. De acordo com o JC Online, uma denúncia anônima ajudou a Polícia Civil na captura de Roberto Silva, condenado a 159 anos de prisão pelos homicídios. O acusado chegou a cumprir dez anos na Penitenciária Doutor Edvalgo Gomes, em Petrolina. Ainda de acordo com a publicação, Silva é conhecido por ter um ‘cemitério’ tatuado nas costas, e a cada vítima ele tatua uma nova cruz. A polícia informou que, segundo relato do próprio criminoso, ele gosta de matar as pessos com faca, para sentir o sofrimento da vítima.