IMG-20151113-WA0014

Foto: Adryano Ferreira

O Comando do Décimo Sexto Batalhão de Polícia Militar realizou na noite desta quinta-feira (12), na Praça Astrogilda Paiva Guimarães (Praça Morena Bela), em Serrinha, a cerimônia de formatura da Turma 2015.2 do PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – que vem sendo aplicado pelo Batalhão, em parceria com a rede municipal de ensino.

IMG_20151113_165137

Foto: Adryano Ferreira

Este Programa Educacional tem por objetivo prevenir os discentes contra os males causados pelo uso das drogas. Ensina crianças e adolescentes, na prática, a resistirem às ofertas e pressões dos grupos, no que diz respeito tanto ao uso de drogas quanto à prática de atos de violência. O PROERD, que é desenvolvido por Corporações Policiais Militares em todo Brasil, tem sido amplamente incentivado pelo Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel PM Anselmo Alves Brandão. Nesta última edição em Serrinha, o Programa atendeu 300 (trezentas) crianças e adolescentes do 5º e 7º anos da rede municipal de ensino. Nas três últimas turmas já foram contemplados 850 (oitocentos e cinquenta) alunos.

IMG-20151113-WA0038

Foto: Adryano Ferreira

A solenidade de formatura, presidida pelo Comandante do 16º Batalhão, Tenente Coronel PM Nilton Paixão Silva Santos, foi uma verdadeira festa, com direito a muita diversão e entrega de prêmios. Estiveram presentes ainda, os professores e diretores das escolas; o Diretor do Núcleo Regional da Educação de Serrinha (antiga DIREC 12) e a Secretária de Educação do Município; além de outras autoridades e representantes da imprensa local.

IMG-20151113-WA0040

Foto: Adryano Ferreira

O Tenente Coronel PM Nilton Paixão, assim como a equipe do PROERD, foi homenageado pela comunidade escolar, que agradeceu à Polícia Militar e ao 16º Batalhão pelo trabalho desenvolvido nas escolas. Ao final do evento, o Comandante, em clima de total interação com os estudantes e demais pessoas presentes, declarou entender o PROERD como: “um exemplo das ações que vêm sendo desenvolvidas no 16º Batalhão, e que acabam com quaisquer resquícios, que porventura ainda existam, de um pensamento equivocado, de que a PM atua somente nos efeitos e não nas causas”.

Ascom 16º BPM