14106

Foto: Ascom/PC

O Grupo Especial criado pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) para apurar mortes de policiais prendeu o sexto acusado de envolvimento em homicídios dessa natureza – o traficante e homicida Jean Jorge Gonçalves dos Santos, o “Papel”, de 26 anos. Apontado como um dos autores do latrocínio do soldado PM Washington Luís Santos Cruz, 40, lotado na Rondesp/RMS, Jean foi preso na noite de quarta-feira (24), no bairro de Santo Inácio, em Salvador, por policiais militares da Operação Gêmeos e conduzido ao DHPP. O crime aconteceu na manhã do dia 31 de julho, no bairro de Paripe, no subúrbio ferroviário. De acordo com o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), o acusado também tem envolvimento na chacina que matou seis pessoas, em agosto deste ano, na Rua Guiné, no bairro de Paripe, também no subúrbio. Ele tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime, expedido pelo 1ª Juízo da 1ª Vara do Júri. 

Somente este ano foram mortos 22 policiais no estado da Bahia, sendo 16 mortes por homicídio e seis por latrocínio (roubo seguido de morte).

Redação Notícias de Santaluz