WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque3’

Moro marca data de interrogatório de Lula em ação sobre terreno

Share Button
lula13070000_002-850x537

Foto: Ricardo Stuckert

O juiz Sérgio Moro marcou para 13 de setembro o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo da Operação Lava Jato que analisa suspeitas em relação a um terreno e um apartamento em São Bernardo do Campo (SP). Segundo o G1, este processo tramita na Justiça Federal em Curitiba, entretanto, o juiz recomendou que ocorra via videoconferência com a Justiça Federal de São Paulo. A defesa do ex-presidente precisa se manifestar em cinco dias. Nesta ação penal, o Ministério Público Federal (MPF) acusa o ex-presidente de receber como propina um terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do petista. De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, esses imóveis foram comprados pela Odebrecht em troca de contratos adquiridos pela empresa na Petrobras. O ex-presidente nega as acusações. Este será o segundo interrogatório de Lula em ação da Lava Jato que tramita no Paraná. No primeiro, referente ao triplex em Guarujá, ele foi a Curitiba e mobilizou um amplo esquema de segurança na cidade. Desde a chegada ao Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, até a saída da Justiça Federal, após quase cinco horas de audiência.

Por determinação de Moro, Banco Central bloqueia mais de R$ 606 mil de Lula

Share Button
Lula teve R$ 606.727,12 bloqueados (Foto: Andre Penner/AP

Lula teve R$ 606.727,12 bloqueados | Foto: Andre Penner/AP

O Banco Central informou, na terça-feira (18), ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, que bloqueou R$ 606.727,12 do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o G1, o pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) antes da sentença que condenou o ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro. O MPF ainda pediu o confisco de três apartamentos, um terreno e dois veículos. O despacho de Moro autorizando o bloqueio é de 14 de julho deste ano. A quantia foi encontrada em quatro contas do ex-presidente: R$ 397.636,09 no Banco do Brasil; R$ 123.831,05 no Caixa Econômica Federal; R$ 63.702,54 no Bradesco e R$ 21.557,44 no Itaú. “Na sentença foi decretado o confisco do apartamento como produto do crime. Neste processo, pleiteia o sequestro de bens do ex-Presidente para recuperação do produto do crime e o arresto dos mesmos bens para garantir a reparação do dano. Este Juízo reputou prudente sentenciar o caso antes de decidir o pleito de constrição”, diz trecho do despacho.

Católicos participam de missa solene em comemoração aos 82 anos de Santaluz

Share Button
dsc_0014

Foto: Notícias de Santaluz

A missa solene em homenagem ao aniversário de 82 anos de emancipação política de Santaluz, comemorado oficialmente nesta terça-feira (18), foi celebrada na noite desta segunda (17), na igreja matriz da Paróquia Santa Luzia.

A cerimônia, presidida pelo padre Alexandre Aquino, contou com a presença da prefeita Quitéria Carneiro, do vice Marcinho da CLN, do ex-vice Roudillys Rios e do presidente da câmara de vereadores Pedro dos Reis Almeida (Peu), entre outras autoridades políticas, além da comunidade católica.

dsc_0051

Foto: Notícias de Santaluz

Na homilia, o padre Alexandre frisou temas como paz e segurança. “Nós celebramos a missa hoje agradecendo a Deus pelo município e pelas pessoas que o fazem. A proposta de Jesus é que nós façamos o discernimento, que as pessoas se comprometam com a paz, que não é a ausência de guerra nem uma consciencia tranquila, mas é um coração inquieto para que todos possam viver com dignidade. Nós pedimos a Deus que nos dê essa capacidade do discernimento de saber separar as coisas e ficar com o que é bom, contruindo um município com valores, com respeito, solidariedade, fraternidade, e, consequentemente, isso vai gerar a paz que todos nós queremos”, disse o pároco.

dsc_0003

Foto: Notícias de Santaluz

Nesta terça-feira (18), às 19h, será celebrado um culto ecumênico no Auditório Lindaura Carneiro de Araújo, dando continuidade às comemorações do anivérsario da cidade. O evento é organizado pela comunidade evangélica do município.

Notícias de Santaluz

Temer entra em pé de guerra com a Globo e articula cassar concessões da emissora

Share Button
Foto: Beto Barata/PR

Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer entrou em pé de guerra com a Rede Globo. Irritado com o enquadramento considerado negativo dado pela emissora no noticiário da crise política, o peemedebista ordenou, de acordo com informações da coluna Esplanada, do jornal O Dia, a execução de eventuais dívidas da emissora com a União, de impostos e de financiamentos no BNDES. O canal dos Marinho, entretanto, promoveu um contra-ataque e determinou que seus principais executivos se aproximem do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O objetivo é fazê-lo presidente da República, mesmo que seja por um ano, até a eleição direta. Ainda segundo a publicação, Maia tem tido conversas constantes com o vice-presidente de relações, Paulo Tonet. Os dois almoçaram juntos no domingo passado, inclusive. Por outro lado, deputados da base aliada de Temer já falam em cassar concessões da “Vênus Platinada” quando vencerem os prazos, que são renovados, primeiramente, em uma comissão na Câmara.

Líderes do ‘centrão’ não garantem fidelidade a Temer após fechamento de questão sobre denúncia

Share Button
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Michel Temer foi avisado por líderes de partidos do “centrão” que, apesar do fechamento de questão pela rejeição da denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR), eles não conseguirão evitar traições em suas bancadas. Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, somente o PP contabiliza cinco dissidentes. No PSD, sete dos 37 deputados sinalizaram que votarão contra o presidente. O PRB também apresentou uma lista de “infiéis”: eles são 8 de 22 que compõem a bancada. Nesse ínterim, os artistas da campanha “342 agora”, que fazem menção aos 342 votos necessários em plenário para que a denúncia seja aceita, acreditam que as duas semanas de recesso serão úteis para aumentar a pressão sobre os parlamentares indecisos. Na última sexta-feira, o movimento estimava ter 204 votos favoráveis à denúncia, 140 contra e 169 indecisos.

Receita apreende mais de 200 kg de cocaína em contêiner no porto de Salvador

Share Button
Foto: Divulgação/Receita Federal

Foto: Divulgação/Receita Federal

A Receita Federal apreendeu 218,5kg de cocaína no porto de Salvador, na madrugada deste domingo (16). Em operação conjunta com o Núcleo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal, o órgão localizou seis mochilas dentro de um carregamento de piso cerâmico. Segundo o Bahia Notícias, o destino da carga era o porto de Manaus (AM). De acordo com a Receita, o contêiner onde foi localizada a droga saiu do porto de Santos e, antes de Salvador, passou pelo Rio de Janeiro. A suspeita é que foi empregada técnica criminosa conhecida como rip-off loading, em que a droga é inserida em uma carga regular sem o conhecimento do proprietário. A PF dará prosseguimento à investigaçãopara identificar os responsáveis. Esta é a terceira apreensão de cocaína no porto de Salvador, apenas neste ano, totalizando mais de uma tonelada de droga interceptada.

Homenagem da CDL aos comerciantes de Santaluz

Share Button
Informe Publicitário

Divulgação

‘Parei de pagar e olha o que aconteceu’, afirma Joesley sobre delações de Cunha e Funaro

Share Button
Foto: Danilo Verpa/Folhapress

Foto: Danilo Verpa/Folhapress

Para o empresário Joesley Batista, o avanço nas negociações para as delações premiadas de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lúcio Funaro são uma prova de que ele falava a verdade em seu próprio acordo com o Ministério Público Federal (MPF). Na ocasião, o dono da JBS delatou que, com o aval do presidente Michel Temer (PMDB), pagava uma espécie de mesada para comprar o silêncio dos dois, presos na Operação Lava Jato. “Parei de pagar e olha o que aconteceu”, teria dito Joesley a amigos, segundo informações da coluna Radar Online, da Veja. Tanto Funaro, que é identificado como operador de propina do PMDB, quanto o ex-presidente da Câmara pretendem complicar Temer e aliados do governo em seus acordos com o MPF. De acordo com a publicação, ambas as delações devem embasar a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente. A primeira, que acusa o peemedebista de corrupção passiva, será votada na Câmara dos Deputados em agosto.

CCJ da Câmara rejeita parecer que recomenda denúncia contra Temer

Share Button

Por G1, em Brasília

Foto: Reprodução/ G1

Foto: Reprodução/ G1

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitou nesta quinta-feira (13) o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), que recomendava o prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer, apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR). Votaram contra o parecer de Zveiter 40 deputados e 25, a favor. Houve uma abstenção. Caberá ao presidente da comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), designar outro relator para apresentar um novo parecer. É possível que o novo texto seja votado ainda nesta quinta na CCJ, liberando a denúncia para votação em plenário. Haverá nova orientação de bancada e nova votação nominal, nos mesmos termos da votação anterior. Em seguida, o relatório vencedor será enviado para a análise do plenário. A intenção do governo é que a denúncia seja votada em plenário antes do início do recesso, previsto para a próxima terça-feira (18). Com base nas delações de executivos do grupo J&F, que controla a JBS, Temer foi denunciado pela PGR pelo crime de corrupção passiva. Por se tratar do presidente da República, a denúncia só terá continuidade no Supremo Tribunal Federal (STF) se tiver autorização da Câmara.

Doleiro preso diz à PF que entregava ‘malas de dinheiro’ a Geddel

Share Button
Foto: Lula Marques e Ruy Baron

Fotos: Lula Marques/Folha imagem e Ruy Baron/Valor/Folhapress

O doleiro Lúcio Funaro afirmou no último dia 7 em depoimento à Polícia Federal, ao qual a TV Globo teve acesso, que fez várias entregas de “malas de dinheiro” nas mãos do ex-ministro Geddel Vieira Lima numa sala do aeroporto de Salvador. Preso desde julho do ano passado, Funaro é alvo de ação penal por fraudes no Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS) junto com o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). De acordo com relatório da Polícia Federal, “o declarante (Funaro) [diz que] fez várias viagens em seu avião ou em voos fretados para entregar malas de dinheiro para Geddel Vieira Lima , que essas entregas eram feitas na sala vip do hangar Aerostar, localizado no aeroporto de Salvador, Bahia, diretamente nas mãos de Geddel”. Conforme informações da TV Globo, o relatório afirma ainda que “o declarante (Funaro) pretende entregar alguns documentos sobre essas viagens como elemento de corroboração em anexos de sua colaboração; que realmente, em duas viagens, que fez, uma para Trancoso (BA) e outra para Barra de São Miguel (BA), o declarante fez paradas rápidas em Salvador (BA) para entregar malas ou sacolas de dinheiro para Geddel Vieira Lima”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia