WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque3’

Assassino de crianças e profissionais de creche em SC tem alta e vai para presídio

Share Button

Por G1

Vítimas do atentando a creche em Saudades (SC) | Foto: Reprodução/Redes Sociais; Reprodução/NSC TV

O jovem de 18 anos que invadiu uma creche e matou cinco pessoas há cerca de uma semana em Saudades, no Oeste catarinense, recebeu alta hospitalar na manhã desta quarta-feira (12). Segundo o Departamento de Administração prisional (Deap), ele está detido no Presídio Regional de Chapecó, na mesma região. O ataque a creche aconteceu na manhã de 4 de maio. Três crianças e duas mulheres, sendo uma professora e a outra agente educacional, morreram. Uma quarta criança ficou ferida, foi hospitalizada e recebeu alta no domingo (9). O assassino foi preso em flagrante no dia do ataque e levado ao hospital após dar golpes contra o próprio corpo. Dias depois, a Justiça determinou a prisão preventiva dele. Em nota, o Deap informou que ele “está em isolamento cumprindo os protocolos de prevenção à Covid-19”. A Polícia Civil informou que não há previsão de quando ele será ouvido novamente. O inquérito policial deve ser encerrado nesta semana.

Gusttavo Lima fecha acordo de R$ 100 milhões para fazer quase 200 shows em 2022

Share Button

Por Correio24h

Foto: Reprodução

O cantor Gusttavo Lima vendeu toda sua agenda de shows de 2022 – um total de 192 apresentações – para o fundo de investimentos Four Even. A negociação gira em torno de R$ 100 milhões, com o sertanejo já tendo recebido parte deste valor. A ação é inédita no mercado musical brasileiro, que atualmente vive em uma crise sem precedentes por conta da pandemia da Covid-19. Com o negócio, Gusttavo Lima terá uma média de cachê antecipada por apresentação de R$ 520 mil, além da garantia de quatro apresentações semanais ao longo do ano. O fundo de investimentos montou um verdadeiro “esquadrão” para gerenciar os shows de Gusttavo. A equipe é composta pelo advogado Augusto Castro, da MC3 Produções Artísticas, o empresário baiano Léo Góes, da On Line Entretenimento, e Bete Dezembro, de Manaus, dona da Fábrica de Eventos. Ainda assim, a Balada Music, empresa de Gusttavo Lima, seguirá com o controle total da agenda de apresentações do cantor.

China: vidro quebra e homem fica pendurado em ponte a 100 metros de altura

Share Button

Por BBC

Foto: Reprodução via BBC

Um turista ficou pendurado em uma ponte a 100 metros de altura na China, cujos painéis de vidro se romperam com uma forte ventania na sexta-feira (7).

O homem foi levado ao hospital para acompanhamento e está em “estado emocional e físico estável”, segundo autoridades locais.

Vários pedaços do piso caíram com o vento, que chegou a uma velocidade de 150 km/h. O incidente aconteceu na montanha de Piyan, perto da cidade de Longjing, no nordeste do país.

Segundo a agência de notícias Xinhua, bombeiros correram para socorrer o turista, mas ele conseguiu voltar a um ponto seguro com a ajuda de pessoas presentes no local. A área foi fechada e uma investigação sobre o incidente foi iniciada.

Imagens do turista pendurado no meio da ponte foram amplamente compartilhadas nas redes sociais chinesas.

Acredita-se que a China tenha cerca de 2.300 pontes de vidro – projetadas como atração no crescente turismo doméstico do país.

Em 2016, um turista se feriu ao cair em pedras enquanto caminhava em uma passarela de vidro na cidade de Zhangjiajie.

Em 2018, a província de Hebei fechou todas as suas 32 atrações de vidro – incluindo pontes, passarelas e mirantes – para inspeções de segurança.

Em outro ponto do país, na província de Guangxi, uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas ao escorregarem em uma placa de vidro em 2019.

Criminosos explodem 3 agências bancárias em cidade da Bahia

Share Button

Fotos: Reprodução/TV Bahia

Grupos de homens fortemente armados explodiram três agências bancárias na cidade de Correntina, no oeste da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (7). Os ataques às unidades, que ficam próximas umas das outras, foram simultâneos e não há registro de feridos. De acordo com a Polícia Militar da cidade, o crime aconteceu por volta das 2h30. Durante os ataques, os suspeitos dispararam várias vezes para o alto, para causar pânico na população. Os grupos usaram explosivos nas três agências. Ainda não há informações sobre quantos homens participaram da ação. Depois do crime, os suspeitos fugiram em vários carros. As agências explodidas pertencem ao Bradesco, Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil, que ainda não divulgaram se valores foram levados, nem a quantia. As unidades ficaram completamente destruídas. Com os ataques, a cidade ficou apenas com uma agência do Banco do Nordeste em funcionamento. A PM foi acionada e, desde a madrugada, as viaturas fazem bloqueio das principais vias da região que podem servir como rota de fuga, mas ninguém foi encontrado até a publicação desta reportagem. A Polícia Federal também está na cidade.

Bolsonaro diz a apoiador com cabelo ‘black power’: ‘estou vendo uma barata. Hahaha’

Share Button

Por G1

Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (6) a um apoiador com cabelo estilo ‘black power’, em tom de brincadeira, que via uma “barata” no cabelo dele. A piada foi feita durante conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, transmitida por um canal em rede social simpático ao presidente. O homem pediu para tirar foto com Bolsonaro. O presidente olhou o cabelo do apoiador, mirou para o seguranças, deu um sorriso e fez o comentário: “Tô vendo uma barata aqui. Hahaha”. Na terça-feira (4), Bolsonaro fez comentários similares também em conversa com apoiadores. Ao ver um simpatizante com o cabelo ‘black power’, Bolsonaro disse, aos risos: “O que que você cria nessa cabeleira aí?” “Tem muita coisa”, respondeu, rindo, o homem, que depois tirou uma foto ao lado de Bolsonaro.

‘Deram a vida para salvar as crianças’, diz mãe sobre funcionárias que foram mortas em creche de SC

Share Button

Por G1 SC

Keli Adriane Aniecevski e Mirla Renner morreram após um ataque à escola infantil de Saudades (SC) nesta terça-feira (4) | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Para os moradores de Saudades, no Oeste catarinense, as professoras e demais funcionários da creche onde ocorreu um ataque na terça (4) foram fundamentais para evitar que houvesse mais mortes.

Uma professora e uma agente educacional morreram tentando defender seus alunos. Os demais professores também agiram rápido, se trancando nas salas com as demais crianças.

“Elas foram muito corajosas em lutar, em entrar em contato com ele [assassino], tentar salvas as outras crianças. Infelizmente não conseguiram. Algumas pessoas tiveram sorte, outras não”, afirma Edna Dessoy, mãe de uma das crianças que estavam na creche no momento do ataque.

“Elas foram muito corajosas porque deram a vida para salvas as outras crianças”, diz Edna.

Três crianças menores de 2 anos de idade e duas mulheres, sendo a professora Keli Adriane Aniecevski e a agente educacional Mirla Renner, morreram no ataque.

As cinco vítimas foram enterradas na manhã desta quarta (5). A única criança sobrevivente passou por cirurgia e está na UTI.

Keli Adriane, Sarah Luiza, Anna Bela, Murilo Massing e Mirla Renner são as vítimas do atentando a creche em Saudades (SC) | Foto: Reprodução/Redes Sociais; Reprodução/NSC TV

A polícia acredita que a primeira pessoa que o assassino atacou foi a professora Keli Adriane Aniecevski. Mesmo ferida, ela correu para uma sala, onde estavam quatro crianças e a agente educativa Mirla Renner, de 20 anos.

O homem chegou até a sala e continuou os ataques, matando Keli e três crianças. Todas as vítimas foram atingidas com, pelo menos, cinco golpes de facão, segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP).

O assassino tentou entrar em todas as salas da creche, mas as professoras conseguiram se trancar em diferentes salas e proteger as crianças, entre elas, o pequeno Emanuel, filho de Edna.

“Sou eternamente grata pelas professoras por terem salvo a vida do meu filho e da menina que estava junto”, afirma a mãe.

O delegado responsável pelo caso, Jerônimo Ferreira, confirmou que as professoras se trancaram nas salas para evitar que o autor conseguisse chegar até elas.

“Ele tentou entrar em todas as salas, não conseguiu, com aquelas mulheres guerreiras, sozinhas com crianças pequenas, evitando que um mal maior acontecesse”.

O autor do ataque, um jovem de 18 anos, foi autuado em flagrante por cinco homicídios triplamente qualificados, além de uma tentativa de homicídio contra a criança que foi ferida. O assassino deu golpes contra o próprio corpo e foi levado ao hospital.

Em caso raríssimo, mulher dá à luz 9 bebês

Share Button

Mulher deu à luz 9 bebês no Marrocos, segundo a imprensa local | Foto: Reprodução/Facebook/Africa 24 Matin

Halima Cisse pensava estar grávida de 7, o que por si só já era uma gestação difícil. Por conta de todos os riscos, ela foi transferida do Mali, onde mora, para um hospital do Marrocos – mas o que ela não esperava é que daria à luz 9 bebês, em um caso raríssimo de nônuplos.

Todo o procedimento foi organizado por meio da cooperação internacional entre os dois países. O Ministério da Saúde do Mali confirmou, nesta terça-feira (4), o nascimento dos 9 pequenos – 5 meninas e 4 meninos – e garantiu que todos passam bem.

Um dos 9 recém-nascidos | Foto: Youssef Boudlal/Reuters

Em nota, o governo do Mali informou que Cisse esteve por duas semanas internada em um hospital local para acompanhamento dos médicos, mas que no fim de março foi transferida para uma maternidade no Marrocos que se encarregou do procedimento de risco.

“Agradecemos o apoio da família Cisse, voluntários e de todo o povo do Mali”, disse a ministra da Saúde, Fanta Siby, em um comunicado. “Damos os parabéns às equipes médicas do Mali e do Marrocos cujo profissionalismo fez com que o resultado desta gravidez fosse tão feliz.”

A jovem mãe, de 25 anos, e seus bebês devem voltar para casa apenas em algumas semanas.

A nota do governo do Mali não informou o peso dos bebês ou após quantas semanas de gestação eles nasceram.

Casos anteriores

Há registro de casos anteriores de gestação de nônuplos, mas com problemas de saúde graves. Em 1971, Geraldine Brodrick, de 29 anos, teve 9 bebês num hospital da Austrália – dois deles nasceram já sem vida, e os demais acabaram morrendo no decorrer de uma semana, segundo registro da época do jornal “The New York Times”.

Houve ainda um nascimento de nônuplos em março de 1999, na Malásia, mas nenhum deles sobreviveu.

Após decisão judicial, todos os trabalhadores da Educação serão vacinados contra a Covid-19 em Salvador

Share Button

Por G1 BA

Vacinação contra Covid em Salvador | Foto: Divulgação/Prefeitura de Salvador

A prefeitura de Salvador anunciou na manhã desta terça-feira (4) que vacinará contra a Covid-19 todos os trabalhadores da Educação da cidade. A medida atende a decisão do juiz Ruy Eduardo de Almeida Britto, que acatou pedido feito pelo Instituto de Gestão Pública (IBGP).

Anteriormente, o cronograma de vacinação contemplava trabalhadores da Educação a partir de 40 anos de idade.

Com a decisão, a imunização deste grupo começará a partir de 13h desta terça. Serão contemplados todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do ensino básico (creche, pré-escola, ensino fundamental e ensino médio). Os profissionais devem estar em pleno exercício das atividades e com nome na lista da Secretaria Municipal de Educação (SMS).

Segundo a prefeitura, 80% dos trabalhadores da Educação da rede pública já foram vacinados e a previsão é de que, até quarta-feira (5), a imunização alcance 100% dos profissionais.

A retomada das aulas semipresenciais começou na segunda-feira, na capital baiana. Na ocasião, parte das instituições de ensino não aderiram ao retorno. A maioria das escolas ficou vazia.

Já a retomada das aulas presenciais causa polêmica desde seu anúncio, já que os professores municipais decidiram que não vão retomar às aulas, sem vacinação completa da categoria.

Salvador tem aproximadamente 160 mil alunos na rede municipal e 143 mil na rede particular. Desde o dia 18 de março de 2020, as atividades presenciais foram suspensas. A partir desta segunda, as escolas estão autorizadas a reabrir, mas têm que respeitar os protocolos estabelecidos pela prefeitura.

CPI da Covid: Planalto orienta senadores a ‘culparem’ Mandetta por erros do governo

Share Button

O ex-ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag. Brasil

Com o início da fase de oitiva de testemunhas na CPI da Covid, nesta terça-feira (4), o Palácio do Planalto quer dar condições para que os senadores governistas da comissão apontem erros e contradições do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que é uma das duas testemunhas desta terça. Além dele, também vai depor Nelson Teich.

De acordo com apuração do Estadão, os senadores receberam informações sobre Mandetta reunidas por aliados do presidente Bolsonaro. Além disso, perguntas que serão feitas ao ex-ministro foram preparadas dentro do Planalto e enviadas aos aliados. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, estiveram pessoalmente envolvidos no municiamento dos governistas, segundo apurou o Estadão.

Um dos focos da estratégia do Planalto é sugerir que Mandetta foi responsável por inúmeras mortes ao recomendar que infectados só procurassem atendimento quando os sintomas se agravassem. Inicialmente essa foi a orientação do ministério e das secretarias estaduais da Saúde em uma tentativa de evitar o colapso no sistema de saúde.

Senadores governistas estão sendo orientados a tirar a fala do contexto e a chamar Mandetta de “genocida”, apurou o Estadão. A estratégia é tentar anular um “uso político” do espaço pelo ex-ministro da Saúde, pré-candidato à Presidência em 2022.

Lira diz ao STF que não há prazo para analisar pedidos de impeachment de Bolsonaro

Share Button

Por TV Globo

Foto: Reprodução/G1

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta segunda-feira (3) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não é automática a análise de pedidos de impeachment do presidente da República e que não há prazo em lei para essa avaliação. Segundo o deputado, esse exame deve levar em conta as conjunturas doméstica e internacional. Lira se manifestou por determinação da ministra Cármen Lúcia, do STF, após um advogado recorrer da decisão dela que rejeitou uma ação para forçar o presidente da Câmara a analisar pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Em abril, a ministra rejeitou a ação por questão processual e reforçou que a Constituição não fixa prazo para que o presidente da Câmara faça a análise de admissibilidade dos pedidos de impeachment. Cármen Lúcia afirmou ainda que o Supremo tem entendimentos de que essa avaliação é política, não cabendo intervenção da Justiça.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia