WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


:: ‘Destaque3’

Eduardo e Carlos Bolsonaro são condenados por fake news contra Jean Wyllys

Share Button

Por g1 Rio

O ex-deputado Federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), durante audiência em comissão da Câmara | Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

A Justiça do Rio condenou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) a pagar R$ 20 mil cada por danos morais contra Jean Wyllys. Os dois compartilharam o vídeo que ligava o ex-deputado Wyllys a Adélio Bispo, autor da facada em Jair Bolsonaro, em 2018. A sentença é do dia 4 de agosto. Cabe recurso.

“As publicações objetos da lide alcançaram diversas pessoas, sendo inequívoco o dano à imagem e à honra do Autor”, diz o juiz Juarez Fernandes Cardoso, do 5º Juizado Especial Cível.

Na decisão, o juiz estipula ainda multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento e determina que os réus publiquem “a presente decisão nas mesmas redes sociais utilizadas para realizar a publicação ora justada”.

O magistrado determina ainda que as publicações sejam excluídas dos perfis sociais de Eduardo e Carlos Bolsonaro.

“As declarações dos Réus veiculadas em suas redes sociais, que certamente são capazes de atingir um número incalculável de pessoas, exorbitaram o limite de mera opinião pessoal, sendo capazes de ferir a honra, e, até mesmo, colocar em risco a segurança do Autor.”

Cardoso cita ainda que, mesmo sem indícios de provas contra Wyllys, os dois réus acabaram incitando outras pessoas a compartilharem o conteúdo.

“É possível verificar que foram divulgadas informações, tentando vincular à imagem do Autor à prática de crime de tentativa de homicídio contra o atual Presidente da República, e, ainda que, sem lastro probatório ou indícios suficientes de autoria, vem também a incitar outras pessoas a compartilharem tais informações, difundindo o ódio em relação ao Autor.”

Em julho, o blogueiro Oswaldo Eustáquio e o militante bolsonarista Luciano Carvalho de Sá, conhecido como Luciano Mergulhador, já haviam sido condenados a indenizar Wyllys por associarem o ex-deputado a Adélio Lopes.

Três em cada dez desempregados no Brasil seguem em busca de trabalho há mais de 2 anos, aponta IBGE

Share Button

Por g1

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Embora o desemprego tenha diminuído no Brasil, a melhora no mercado de trabalho ainda não foi suficiente para reduzir a proporção de trabalhadores que espera há muito tempo por uma recolocação no mercado.

Dados divulgados nesta sexta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que aproximadamente três em cada dez desempregados permanecem em busca por trabalho há mais de dois anos.

De acordo com o levantamento, ao final do 2º trimestre de 2022 o número de trabalhadores desempregados há mais de 2 anos era de 2,985 milhões, cerca de 29,6% do total de desempregados no país, estimado em 10,080 milhões.

Na comparação com o 1º trimestre, diminuiu em cerca de meio milhão o número de desempregados que tentavam nova oportunidade há mais de dois anos. Todavia, proporcionalmente não houve variação significativa, ou seja, essa condição permaneceu atingindo quase 1/3 dos desempregados no país.

Só é considerado desempregado aquele trabalhador que não está ocupado no mercado de trabalho, tem disponibilidade para trabalhar e está, efetivamente, em busca de uma vaga.

A análise trimestral dos dados sugere que, quanto mais tempo o trabalhador fica desempregado, maior a dificuldade dele em conseguir uma recolocação no mercado de trabalho.

A grande maioria dos trabalhadores que buscava nova oportunidade de trabalho ao final do 2º trimestre deste ano estava na fila do desemprego há mais de um mês, mas a menos de um ano -proporção 2 pontos percentuais maior que a observada no 1º trimestre.

Segundo o IBGE, historicamente é na faixa entre mais de 1 mês e menos de 1 ano que se concentra a maior parcela dos desempregados no país. No segundo trimestre de 2020, auge da crise provocada pela pandemia, os desempregados nesta faixa representavam 58% do total, proporção recorde de toda a série histórica da pesquisa.

Já a menor parcela (12,2%) estava na fila há mais de 1 ano, mas há menos de 2 anos. Os que buscavam nova vaga há menos de 1 mês somavam 15,7% do total de desempregados.

Rosa Weber é eleita nova presidente do STF; Luís Roberto Barroso é eleito vice

Share Button

Por Bahia Notícias

Rosa Weber, ministra do Supremo | Foto: Carlos Moura/STF

A ministra Rosa Weber foi eleita a nova presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e Luís Roberto Barroso foi eleito o vice da Corte, em sessão realizada nesta quarta-feira (10). A posse está marcada para o dia 12 de setembro.

Weber substituirá o ministro Luiz Fux, que está no cargo desde setembro de 2020. Diferentemente de outros mandatos, a magistrada não cumprirá dois anos de posse porque se aposentará antes, em outubro de 2023, quando completa 75 anos.

“Essa tradição não ofusca, não inibe, não prejudica o fato de eu estar sensibilizada pelo voto de confiança de vossas excelências. Exercer a chefia do Poder Judiciário, para uma juíza de carreira como eu, que está há 46 anos, é uma honra inexcedível”, afirmou Weber.

Ambos os magistrados foram eleitos por 10 votos favoráveis a um contrário. A eleição é feita entre os próprios ministros e adota a sucessão dos seus presidentes baseado no critério de antiguidade.

Weber entrou como ministra do STF em 2011, após ser indicada pela presidente da República, Dilma Rousseff.

Idoso é preso suspeito de matar cachorro a golpes de machado na Bahia

Share Button

Por g1 BA

Idoso é preso suspeito de matar cachorro a golpes de machado na Bahia | Foto: Arquivo Pessoal

Um idoso de 68 anos foi preso, no domingo (7), suspeito de matar um cachorro a golpes de machado, na cidade de Serra do Ramalho, no oeste da Bahia. Um vídeo gravado por testemunhas mostrou o momento do crime. 

O caso aconteceu por volta das 17h50, na rua H. Policiais da 38ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) receberam uma denúncia feita por moradores da região e flagraram o suspeito no local.

As imagens gravadas pelos moradores mostram que o idoso comete o crime sozinho. Ele deu vários golpes no animal.

O idoso foi levado para a 24ª Delegacia Territorial (DT) de Bom Jesus da Lapa e deve responder por crime de maus-tratos.

Mototaxista acusado de matar colega por disputa de passageiro é condenado a 16 anos de prisão

Share Button

Por TV São Francisco e g1 BA

Alan Kardec Magalhães Vicente foi morto em Juazeiro, em maio de 2018 | Foto: Reprodução/TV São Francisco

O mototaxista Francisco Leite Barbosa, acusado de matar o colega de trabalho depois de uma disputa por passageiro em Juazeiro, no norte da Bahia, foi condenado por homicídio qualificado a cumprir 16 anos e 11 meses de reclusão.

O julgamento aconteceu na quinta-feira (4), no Fórum Conselheiro Luiz Viana Filho, e o júri acatou como procedente a acusação. A pena poderia chegar a 30 anos.

A defesa já recorreu e a apelação segue para o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) até que seja marcado o julgamento do recurso. Os advogados dizem que a decisão dos jurados foi contrária à prova dos autos. Apesar de condenado, ele vai responder em liberdade até o julgamento dos recursos.

Família de mototaxista assassinado protesta em Juazeiro | Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

O crime ocorreu em maio de 2018, quando Francisco e a vítima, Alan Kardec Magalhães Vicente, se desentenderam próximo ao Mercado do Produtor, em Juazeiro. A vítima chegou a ser socorrida por colegas para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, de lá, transferido para o Hospital de Traumas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Francisco chegou a ser preso, mas recorreu à Justiça em 2019 e passou a responder o processo em liberdade.

PDT anuncia vice-prefeita de Salvador como candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes

Share Button

Por TV Globo e g1

Ciro Gomes e Ana Paula Matos, juntos em imagem de julho deste ano | Foto: João Souza/g1

O PDT anunciou nesta sexta-feira (5) a vice-prefeita de Salvador (BA), Ana Paula Matos, como candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes nas eleições deste ano.

O anúncio aconteceu no último dia previsto para a definição das chapas.

Pesquisa Datafolha divulgada na semana passada mostrou Ciro em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto, atrás de Lula (PT), que aparece com 47%, e de Jair Bolsonaro (PL), com 29%.

Esta é a quarta vez que Ciro Gomes disputa a Presidência da República. Ex-governador do Ceará, Ciro também concorreu ao Palácio do Planalto em 1998, 2002 e 2018, mas nunca chegou ao segundo turno.

‘Um governo feminino’

Ana Paula foi apresentada oficialmente em uma entrevista coletiva na sede do PDT, em Brasília.

A candidata a vice fez um discurso no qual ressaltou o seu currículo – é advogada e administradora – e disse que, ao lado de Ciro, vai trabalhar pela defesa do desenvolvimento econômico e social.

“Eu me orgulho da minha história, da mulher negra que sou, mulher de pele parda que não tem lugar de fala, de quem sofreu preconceito pela cor da pele, mas que tem lugar de fala pelo combate ao racismo e a toda e qualquer forma de preconceito”, disse Ana Paula.

“Sou conciliadora, mas firme. Sou forte, e quero junto com vocês apresentar ao Brasil um projeto de desenvolvimento econômico e social. Não acredito em desenvolvimento econômico sem o social”, acrescentou.

Ciro afirmou que, entre as colaborações da pedetista, estará a de ajudar no desenvolvimento do programa de governo

O candidato à Presidência destacou que o partido escolheu “uma mulher negra, de origem humilde, que fez da sua luta contra todos os estigmas e discriminações um ato de vitórias sucessivas”.

“Ela vem especialmente para me ajudar a fazer do meu governo um governo feminino. Nós todos somos vítimas do patriarcado, qualquer um de nós já reproduziu piada machista, mas isso só vai ser superado quando nos empoderarmos de verdade as mulheres”, afirmou o candidato à Presidência.

Carlos Lupi, presidente do PDT, destacou que a vice representa uma “contrabalança” a Ciro Gomes.

“A questão da representação que um partido como o nosso quer ter para se diferenciar. O Ciro, que é um homem que tem uma experiência larga, muito já conhecido, faz com a Ana uma espécie de contrabalança no seu perfil: mulher, negra, mais de uma área de comunidade. No fundo, desculpe a sinceridade, é a gente querer mostrar para a sociedade um quadro de superação”, disse Lupi.

Busca por vice

Antes de decidir por uma candidata a vice do PDT, Ciro Gomes tentou, sem sucesso, alianças com os partidos União Brasil e PSD. E a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, da Rede, era vista como a “vice dos sonhos” pela campanha pedetista.

No entanto, na quinta-feira (4), durante entrevista em Brasília, Ciro já admitia que não conseguiria formar uma coligação com outra sigla.

Na avaliação do candidato, outros partidos não quiseram se aliar ao PDT por causa das ideias que ele defende. Para ele, outras siglas são favoráveis à manutenção dos modelos econômico e de governança vigentes no país.

“Evidentemente, você não pode esperar que uma fração do sistema, comprometida com o modelo econômico e de governança política que eu quero revogar e digo como, que venha ao meu socorro”, afirmou o presidenciável.

Além de Ana Paula Matos, outras filiadas ao PDT estavam cotadas para ocupar a função de vice em uma chapa “puro sangue”, encabeçada por Ciro Gomes: Juliana Brizola, deputada estadual no Rio Grande do Sul; Martha Rocha, deputada estadual no Rio de Janeiro; Suely Vilela, ex-reitora da USP; e Isabella de Roldão, vice-prefeita do Recife (PE).

Flávio confirma entrevista de Jair Bolsonaro ao Jornal Nacional

Share Button

Por Folhapress

Foto: Alan Santos/PR

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) informou nesta quinta-feira (4) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) participará do Jornal Nacional, da TV Globo, no próximo dia 22 de agosto. O anúncio foi feito pelo Twitter e, segundo Flávio, o pai dará a entrevista diretamente do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro havia exigido que a entrevista fosse realizada na residência oficial, mas inicialmente a Globo rejeitou o pedido. Procurada na quarta-feira, a emissora disse que detalhes só serão divulgados nesta sexta-feira (5).

A ordem das entrevistas com os presidenciáveis foi sorteada na última segunda-feira (1º). As entrevistas devem ter duração de 40 minutos, e serão conduzidas pelos âncoras William Bonner e Renata Vasconcellos.

Pelo sorteio, ficou definido que Bolsonaro seria o primeiro convidado. Esta quinta-feira era a data final para confirmação da participação. Em 2018, quando se candidatou pela primeira vez, Bolsonaro também compareceu à entrevista.

Depois de Bolsonaro, o segundo entrevistado seria André Janones (Avante), mas o deputado federal retirou a candidatura à Presidência da República hoje. Os demais candidatos entrevistados serão Ciro Gomes (PDT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Simone Tebet (MDB), nesta ordem.

Homem é preso suspeito de estuprar mulher com transtornos mentais no interior da Bahia

Share Button

Homem é preso suspeito de estuprar mulher com transtornos mentais no interior da Bahia | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem foi preso na quarta-feira (3) em Casa Nova, cidade do norte da Bahia, suspeito de estuprar uma mulher de 28 anos, que sofre de transtornos mentais. A Polícia Civil informou que o abuso ocorreu no dia 26 de junho, em um terreno baldio no distrito Pau a Pique. Após o cumprimento da ordem judicial, o homem passou por exame de lesão corporal, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), e permaneceu preso à disposição da Justiça. De acordo com a Polícia Civil, ele deve ser encaminhado para o sistema prisional.

Notícias de Santaluz

Pesquisadores brasileiros realizam primeira cirurgia no metaverso

Share Button

Imagem: Reprodução/TV Globo

Um grupo de médicos e pesquisadores brasileiros está experienciando uma nova realidade na realização de cirurgias, desta vez no metaverso. Neste ambiente, além da neurocirurgiã e do instrumentador, uma profissional é indispensável: a doutora Geex, responsável por orientar o procedimento.

“Nós desenvolvemos um avatar e conseguimos capturar detalhes da técnica para que o avatar orientasse o procedimento. É a junção da realidade e do mundo virtual”, explica a neurocirurgiã pediátrica do Sabará Hospital Infantil, Dra. Giselle Coelho, ao programa Fantástico, da TV Globo.

Com os óculos do metaverso, a médica acompanha uma biópsia que por enquanto é apenas uma simulação em um hospital em São Paulo. Os especialistas na área, no entanto, acreditam que a inteligência artificial será capaz de identificar se o aluno está errando e assim poderá receber uma sugestão para que ele repita o procedimento, caso seja necessário.

Acredita-se também que avatares como Geex vão estar aptos a ensinarem sem fronteiras geográficas ou econômicas. A experiência brasileira foi a primeira simulação de cirurgia via metaverso em todo o mundo.

“A equipe brasileira está fazendo um trabalho extraordinário, criando algo que nunca vi antes. Existem muitas iniciativas na Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard que usam tecnologia de ponta. Acompanho experimentos incríveis, mas nada que tenha o nível de sofisticação desse avatar”, afirma um dos participantes.

“É algo que realmente pode mudar muito, pode mudar a saúde mundial e pode mudar a educação”, diz a doutora Giselle.

Planalto busca PTB para entender candidatura de Roberto Jefferson, diz coluna

Share Button

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Membros do Palácio do Planalto procuraram lideranças do PTB na segunda-feira (1º) para questionar o objetivo do ex-deputado Roberto Jefferson ao se lançar candidato à Presidência da República. A informação é do Metrópoles.

Auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (PL) tentam entender se Jefferson se juntará a outros candidatos nos ataques ao chefe do Executivo ou se pretende ajudá-lo de alguma forma durante a campanha.

Em resposta, dirigentes do PTB enviaram o texto da carta do ex-deputado que foi lida na convenção do PTB que oficializou a candidatura dele ao Planalto, na segunda-feira.

No documento, Jefferson diz que a candidatura dele “não se opõe a Bolsonaro”, mas serve para “confrontar a abstenção, preenchendo alguns nichos de opções ao eleitorado direitista”. Ele afirma ainda que não deseja “inibir nenhum companheiro que deseja apoiar, no partido, o presidente à sua reeleição”. “Apoie. Ao final, estaremos juntos”, escreveu Jefferson, que está em prisão domiciliar.

Após a carta, a conclusão de membros do Planalto até agora foi a de que o ex-deputado atuará como uma espécie de “linha auxiliar” da candidatura à reeleição de Bolsonaro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia