Share Button

Por TV Bahia

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Foto: Paula Fróes

Dezessete funcionários de uma policlínica em Jacobina, cidade ao norte da Bahia, testaram positivo para a Covid-19 na quinta-feira (17). Outros 33 aguardam, nesta sexta (18), resultado dos testes do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Por causa da situação, existe a possibilidade da unidade fechar temporariamente. A policlínica teve atendimento suspenso por três meses durante a pandemia, entre maio e julho, quando foi reaberta. Desde então, os funcionários já foram testados para saber se contraíram o coronavírus cinco vezes.

A policlínica de Jacobina atende a pacientes da própria cidade e de outros 16 municípios da região norte, entre eles Caldeirão Grande, Caém, Capim Grosso e Miguel Calmon. Os prefeitos desses locais integram o consórcio e estão aguardando o restante do resultado dos exames para decidir se a unidade segue em atendimento ou se será fechada.

A direção da policlínica informou que tem seguido todas as medidas de segurança para evitar os riscos de contaminação dos pacientes. Por enquanto, a unidade segue em atendimento, realizando diversos procedimentos como ressonância, tomografia, raio-x e consultas médicas.

Atualmente, a policlínica funciona com capacidade de 75%, realizando cerca de 200 atendimentos por dia. Mamografias e eletrocardiogramas não estão sendo feitos na unidade desde quarta-feira (16), por causa da redução do número de funcionários.