Share Button

Por Globo Rural

Foto: Andréia Odriozola/AgroEffetive/Divulgação

Foto: Andréia Odriozola/AgroEffetive/Divulgação

Tudo indica que a crise econômica do país passa distante dos palcos estrelados dos leilões de qualidade e tradição. O martelo continua vibrante. A égua JA Capitu, da raça crioula e colecionadora de títulos, foi negociada por R$ 1,075 milhão no remate da Crioulos JA e Cabanha Mais Um, ambas de São Lourenço do Sul, Rio Grande do Sul, (RS), realizado no domingo (27). “Ela foi Reservada Campeã Potranca Maior em Pelotas 2006, melhor exemplar a Campo do Passaporte de Pelotas 2014. É mãe de JA Impulso, Reservado de Grande Campeão da Expointer 2012, de JA Mate Amargo, Campeão Potranco Maior da Expointer 2015, e de JA Padroeira, Grande Campeã de Pelotas 2018”, afirma o proprietário da JA, José Antônio Anzanello. O faturamento do pregão foi a R$ 4,3 milhões na comercialização de 40 lotes.