Share Button
Foto: Waldemir Barreto/ Agência Senado

Foto: Waldemir Barreto/ Agência Senado

Filiado ao MDB desde 1965, o ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Sul, Pedro Simon, afirmou que o seu partido corre o risco de “desaparecer”, caso não faça uma “profunda reflexão”. “Acho que o MDB deveria fazer uma profunda reflexão. Se ficar como está, há o risco de desaparecimento do partido. Fui na Assembleia Legislativa de São Paulo e vi que o MDB só tem 3 deputados de quase 100. Lembro quando o MDB tinha metade do Parlamento. Na época da ditadura, ser do MDB era lutar contra ela. Era mais fácil ser do partido. Mas, com o tempo, isso foi se esvaziando”, afirmou, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo. O MDB na Bahia hoje tem apenas Katia Oliveira como deputada estadual. O partido não tem nenhum parlamentar baiano no Congresso Nacional.