Share Button
Mulheres foram atacadas e mordidas pelo mesmo cachorro, mas em locais e horários diferentes | Foto: Notícias de Santaluz

Mulheres foram mordidas pelo mesmo cachorro, mas em locais e horários diferentes | Foto: Notícias de Santaluz

Três mulheres foram atacadas e mordidas pelo mesmo cachorro, mas em locais e horários diferentes, na tarde desta quinta-feira (6), em Santaluz, na região sisaleira da Bahia. O primeiro ataque foi registrado no bairro JK. Uma jovem de 26 anos, que é moradora da localidade, disse que estava de moto com o esposo por volta das 15h30 quando o cachorro de um vizinho a atacou e mordeu seu tornozelo. Em seguida, por volta das 16h, uma jovem de 22 anos e uma mulher de 53 passavam pela Rua Rosendo Lopes, próximo ao Largo do Tanque Grande, região central da cidade, quando foram mordidas pelo mesmo animal. Ambas pilotavam motocicleta e foram mordidas na perna. As mulheres foram atendidas e medicadas em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município. Segundo as vítimas, que não quiseram ser identificadas, o cachorro estava com o dono no momento em que ocorreram os ataques. “Conheço o dono do cachorro. Ele estava presente quando fui atacada, mas não esboçou nenhum tipo de reação. Pouco tempo depois que cheguei ao posto fiquei sabendo que o mesmo cachorro tinha mordido outras duas mulheres próximo ao centro da cidade”, contou a jovem que sofreu o primeiro ataque. Segundo o advogado Henre Evangelista Alves Hermelino, que é consultor jurídico do Notícias de Santaluz, as vítimas devem procurar a Polícia Civil para denunciar o ocorrido, já que o Código Civil estabelece que o dono é responsável pelos danos causados por seu animal.

Notícias de Santaluz