Acorda Cidade
70982-3

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade/Arquivo

A partir desta segunda-feira (22), 110 detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana serão beneficiados com a saída temporária de Natal. Os beneficiados, no entanto, devem retornar ao presídio no dia 28 deste mês. De acordo com o diretor adjunto da instituição, Clériston Leite, são beneficiados com a saída temporária os presos que estão em regime semiaberto. “É um regime mais brando, geralmente quando ele já cumpriu uma boa parte da pena dele ou quando comete um crime de menor potencial ofensivo. E quando ele está nesse regime ele tem direito a esses benefícios, que são a saída temporária, trabalho externo e outros benefícios que a lei garante”, explicou. De acordo com Leite, são permitidas cinco saídas por ano, sendo que de uma saída para outra tem que haver um intervalo de 45 dias. Ele informa que é feita uma lista com os nomes dos detentos que podem receber o benefício. Essas informações são encaminhadas para Justiça, que analisa e dá o veredicto. Sobre o temor da população em relação à saída dos detentos, o diretor adjunto diz que não deve haver aumento da violência na cidade em razão do benefício. “Eu não acredito que a violência aumente ou diminua por conta disso. Porque aqui no Conjunto Penal a porcentagem de algum problema quando esses presos saem é bem pequena”, disse. Perguntado sobre o que acontece quando os presos não retornam no dia marcado, Clériston Leite informa que a direção faz uma listagem com os nomes dos faltosos e encaminha para a Justiça. “Ultimamente nós temos praticamente 100% de retorno. Se a lei garante esse direito a eles, a gente tem que cumprir.”