Academia_Site6

Regra também vale para outros estabelecimentos destinados à prática de exercício físico | Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados analisa um Projeto de Lei (PL), que obriga as academias de ginástica a ter posto médico com materiais de ressuscitação, como desfibrilador, em caso de parada cardiorrespiratória, além de profissional habilitado para uso do equipamento. De acordo com o PL6649/13, de autoria do deputado Leonardo Gadelha (PSC-PB), a regra também vale para outros estabelecimentos destinados à prática de exercício físico. Se o projeto for aprovado, os locais terão seis meses para se adaptar à regra, caso contrário, terão registro e licença suspensos até cumprirem a obrigação. A fiscalização dos estabelecimentos fica a cargo do órgão de vigilância sanitária dos municípios, estados e União. A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões da Câmara.

Redação Notícias de Santaluz