Com informações do Portal Brasil
b9195469-f743-417b-8e89-644abc617b5d

Acordo foi ratificado em setembro de 2008 no Brasil e as novas regras já estão em uso, embora em caráter não obrigatório

As novas regras do acordo ortográfico ainda despertam muitas dúvidas nos brasileiros. Afinal, se escreve extra-oficial ou extraoficial? Inicialmente as medidas seriam aplicadas de modo obrigatório a partir de 1º janeiro de 2013, mas por decisão do governo federal esse prazo foi adiado para janeiro de 2016. O acordo, assinado em 1990, busca padronizar a ortografia da língua portuguesa entre os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Fazem parte do grupo: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. Na época, o Timor-Leste, que hoje faz parte da CPLP, ainda não era uma nação independente. O país só aderiu ao acordo em 2004, após tornar-se independente. Cada país ratificou o documento assinado e definiu os prazos para começar a valer o acordo. No Brasil, a ratificação ocorreu em setembro de 2008 e as novas regras já são aplicados, embora em caráter não obrigatório, desde 1.º de janeiro de 2009. Com a medida, 0,8% dos vocábulos da língua portuguesa no Brasil serão alterados e 1,3% em Portugal. Segundo o Ministério da Educação (MEC), as alterações devem facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre os países e ampliar a divulgação do idioma e da literatura.