O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma representação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por propaganda eleitoral antecipada ao cargo de presidente da República. Segundo a vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, os fatos aconteceram durante o Programa do Ratinho exibido pelo SBT em 23 de maio. Cureau considerou que o programa fez referências explicitas à candidatura de Aécio, e enalteceu suas características pessoais. Para a vice-procuradora-geral, isso configura um desequilíbrio entre os candidatos que disputarão as eleições no próximo ano. O MPF pede que seja aplicada uma multa a Aécio, ao Ratinho e ao SBT, de valor não superior a R$ 25 mil. A procuradora afirma que a longa entrevista exclusiva com o senador antecipou o debate eleitoral, que tem previsão para começar em julho de 2014.(Bahia Notícias)