xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.i3RN-Ppr1y

Foto: Carol Garcia/SECOM

O Aeroporto João Durval Carneiro, de Feira de Santana, se encontra sob investigação da Polícia Federal por conta da Operação Lava Jato, de acordo com a coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde. O equipamento foi construído pela UTC Participações e é um dos cinco aeroportos cujas concessões são investigadas pela PF, pois sete executivos da empresa estiveram no escritório de Alberto Youssef durante o período em que saíram os vencedores os consórcios responsáveis. Entre eles, estava Ricardo Pessoa. O contrato de concessão remunerada para o aeroporto de Feira de Santana foi de R$ 50 milhões e a transação foi assinada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) em 2013.