Share Button
Foto: Freepik

Foto: Freepik

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio na Bahia registrou expansão de 5,8% no terceiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo trimestre de 2019, de acordo com informação divulgada nesta segunda-feira (7) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). No terceiro trimestre de 2020, o PIB do agronegócio baiano totalizou R$ 17,2 bilhões, o que representa uma taxa de participação de 23,4% no PIB total do estado. De acordo com a SEI, a expansão na produção de uma série de lavouras com destaque para cereais (milho, feijão) e lavoura temporária (tomate e batata do reino), além das oscilações positivas de preços na grande maioria do setor agropecuário contribuíram para o crescimento do setor. Para o secretário estadual da Agricultura, Lucas Costa, mesmo diante da pandemia, o agronegócio baiano continua evoluindo de forma consistente. “Esse é um setor que não pode parar de forma alguma, e graças aos nossos produtores rurais conseguimos manter o crescimento aumentando ainda mais a produção”. Ele acrescenta que a Bahia se destaca por seu trabalho de quantidade e qualidade, com produtos em destaque, como o algodão e o café conilon, premiado como o melhor café do Brasil. “Temos também o café arábica, com recorde de safra no oeste devido ao grande trabalho dos produtores rurais e o bom índice fluviométrico, o melhor dos últimos 30 anos”, completa.

Notícias de Santaluz