IMAGEM_NOTICIA_5

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com uma petição na Câmara nesta segunda-feira (25) pedindo a anulação da votação do impeachment na Casa. Segundo o Correio Braziliense, o texto argumenta que a fala do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) e as referências dos parlamentares a ‘Deus’ e a ‘família’ justificariam a nulidade do processo. A petição da AGU será analisado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas não há prazo para resposta. A votação na Câmara aprovou, com 367 votos favoráveis e 137 contrários, a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O processo agora tramita no Senado.