Share Button
Doto: Divulgação/PM

Doto: Divulgação/PM

As instruções práticas de armamento e tiro do Curso de Formação de Soldados do Núcleo do 16º Batalhão de Polícia Militar deram continuidade nesta semana. A instrução ocorreu na manhã do de terça-feira (18), no estande ‘in door’ do Clube de Tiro Sisaleiro em Serrinha, sob orientação do capitão Charles, Comandante da 5ª Companhia do 16º BPM, instrutor de tiro e o monitor cabo Neto. Nesta instrução, cada aluno realizou 80 disparos, utilizando pistolas .40, submetralhadora (SMT) .40, espingarda calibre 12 e (Fal) calibre 7,62. Para o capitão Charles, “uma boa aquisição de conhecimentos, fortalece a Corporação no combate à criminalidade”.

Doto: Divulgação/PM

Doto: Divulgação/PM

“Com a base de formação forte, teremos uma instituição e um policiamento reforçado. A disciplina de armamento e tiro tem a carga horária de 90 horas e cada aluno efetuou cerca de 300 disparos de arma de fogo de diversos calibres. A capacitação é uma das ferramentas importantes para o desempenho da atividade policial militar”, pontuou o tenente Carvalho Bispo, instrutor chefe do Núcleo. “O treinamento adquirido nas instruções de armamento e tiro pelos alunos do Núcleo de Formação de Soldados do 16º Batalhão de Polícia Militar estão completas. O instrutor da disciplina, tenente Rafael, já havia ministrado instruções teóricas e práticas que nesta oportunidade foram complementadas pelo capitão Charles. Com o planejamento e didática evoluída e diferenciada, os alunos tem aprendido nesta disciplina o que há de melhor do tiro policial.”, explicou o tenente-coronel Gilson Paixão, comandante do 16º BPM.

Ascom 16º BPM