O secretário de agricultura do estado da Bahia, Eduardo Salles, em entrevista à Rádio Recôncavo FM na manhã desta sexta-feira (09), expôs os dados atuais referentes à morte de animais por causa da seca. Segundo ele, em um levantamento recente da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), os animais mortos por causa de fome ou sede somam mais de 700 mil de um rebanho de mais de 11 milhões e meio. Em três anos de seca constante, o setor que mais sofreu foi o da pecuária leiteira. “Acredita-se que serão necessárias algumas décadas para restabelecer esse seguimento. Mas o sertanejo é forte e o agropecuarista também”, relata.

Questionado sobre a secretária de agricultura do município de Santo Antonio de Jesus, Eduardo informou que muitos trabalhos estão sendo desenvolvidos principalmente no setor da mandiocultura, que é o produto principal do evento Expo-Mandioca. Ele afirmou que alguns investimentos estão sendo feitos nessa área, inclusive acontecerá pela primeira vez em Salvador o Congresso Brasileiro de Mandiocultura. “Temos um projeto importante chamado Reniva, no qual o Ministério Agrário a presidenta Dilma Rousseff disseminou para os demais estados do Nordeste, que consiste em a EBDA e EMBRAPA selecionarem os melhores produtos (maniva e mandioca) e mandar para o setor de multiplicação e em seguida doação para os produtores do estado”, concluiu.