A popularidade da presidente Dilma Rousseff despencou nas últimas três semanas de protestos pelo país e a porcentagem dos que consideram sua gestão boa ou ótima foi de 57% registrados na primeira semana de junho para 30%, aponta pesquisa Datafolha publicada neste sábado.

Comparada à pesquisa anterior, o total de entrevistados que consideram a gestão da petista como ruim ou péssima disparou de 9% para 25% e, numa escala de 0 a 10, a nota média de Dilma caiu de 7,1 para 5,8.

Segundo o instituto, a queda de Dilma pode ser considerada a maior redução de aprovação de um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do ex-presidente Fernando Collor de Mello, em 1990, quando houve o confisco da poupança.

Sobre o desempenho da presidente frente aos protestos, 32% acham que sua postura foi ótima ou boa; 38% veem como regular e outros 26% avaliaram como ruim ou péssima. (Agência Globo)