As duas médicas vão atuar no município durante os próximos três anos, conforme prevê o Programa “Mais Médicos” do Governo Federal. (Fotos: A Voz do Campo)

Desembarcaram no final da tarde desta segunda-feira (23) em Araci as duas médicas cubanas Dámara Morejón e Dania Marquez que irão atuar nas localidades de Tapuio e Barreira, zona rural do município. As cubanas foram recepcionadas pelo secretário de Saúde do Estado, prefeito Silva Neto, secretários municipais, vereadores e comunidade local.

Ao som do hino de Cuba e logo em seguida do Brasil, a recepção dos profissionais aconteceu no Auditório da Câmara de Vereadores, às 16h. As duas médicas vão atuar no município durante os próximos três anos, conforme prevê o Programa “Mais Médicos” do Governo Federal.

Em Araci, as médicas fizeram uma visita a um dos postos de saúde da cidade, com a mesma estrutura que vão contar para exercer a profissão. “Os postos são bem distribuídos e estão preparados para que a gente trabalhe com eficácia. As condições para o atendimento à população já estão criadas”, disse Dania.

DSCN3076Para a médica Dámara, o carinho da população já era esperado. “Sempre existe uma ansiedade, mas nós estamos preparados para enfrentar o desafio com muito amor e dedicação”, declarou.

O prefeito de Araci, Silva Neto, deu as boas vindas as médicas e disse que a chegada das cubanas é importante para o município que não estava conseguindo profissionais para preencher as vagas. As duas localidades onde as cubanas vão trabalhar ficam a cerca de 40 quilômetros da sede do município e reúnem cerca de dez mil moradores. (Fotos e Informações: A Voz do Campo)