WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


Araci, Nordestina e Valente estão em estado de alerta por dengue, aponta Ministério da Saúde

dengue-dourados-mato-grosso-2-size-598

Ministério da Saúde realizará, a partir do dia 15 de novembro, campanha de combate à dengue e ao Chinkungunya | Foto: Divulgação

O Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa) de outubro deste ano revela que 117 municípios brasileiros estão em situação de risco para a ocorrência de epidemias de dengue, outros 533 em alerta e 813 cidades com índice satisfatório. A pesquisa, que identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da doença, foi apresentada nesta terça-feira (4), pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e pelo secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

Na ocasião, também foi apresentado novo boletim da doença, que mostrou redução de casos e óbitos neste ano em comparação com 2013. De acordo com o levantamento, o número de casos de dengue na Bahia caiu 77% nos primeiros dez meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2013, passando de 59.874 para 13.511 casos. Já o número de óbitos caiu de 16 para 11 casos.

Entretanto, Araci, Nordestina e Valente, municípios localizados no Território do Sisal, estão em estado de alerta, o que significa que entre 1% e 3,9% dos imóveis pesquisados nas três cidades apresentaram larvas do Aedes Aegypti. De acordo com os dados do Ministério da Saúde, Araci e Nordestina o índice de infestação é de 1,3% e 2,0%, respectivamente.

A situação mais preocupante é a de Valente, que apresentou índice de 3,0% no levantamento realizado em outubro. O número, no entanto, é bem menor se comparado ao divulgado em março deste ano, quando o município apresentou o maior risco de epidemia de dengue na Bahia, com um índice de infestação de 17%. Na ocasião, Valente figurou entre as 321 cidades brasileiras em situação de risco. 

É considerado de baixo risco pelo Ministério da Saúde índice de infestação menor que 1%. Acima de 1% até 3,9% representa um sinal de alerta. Já a partir de 3,9% a área é classificada como de alto risco de contaminação pela dengue.

Mobilização – O Ministério da Saúde realizará, a partir do dia 15 de novembro, campanha de combate à dengue e ao Chinkungunya, que tem como slogan “O perigo aumentou. E a responsabilidade de todos também”. Serão divulgadas orientações à população sobre como evitar a proliferação dos mosquitos causadores das doenças e alertar sobre a gravidade das enfermidades. No dia 6 de dezembro será realizado o Dia D de mobilização. Por meio da ação, o Ministério da Saúde convoca os gestores municipais a realizarem uma intensa mobilização da população, além de mutirões de limpeza urbana e atividades para alertar os profissionais da área ao diagnóstico correto das doenças.

Redação Notícias de Santaluz

Deixo o seu comentário

comentário(s)

1 resposta para “Araci, Nordestina e Valente estão em estado de alerta por dengue, aponta Ministério da Saúde”

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia