Herb Dean no momento em que separava Chris Weidman e Anderson SIlva

Herb Dean já havia árbitrado quatro lutas de Anderson Silva e já o viu fazer de tudo dentro do octógono. Por isso, quando Spider começou a provocar Chris Weidman, o árbitro não se impressionou ou se incomodou com o fato:

“Não me incomodou em nada. Se era aquilo que ele queria fazer, por mim tudo bem. Cada um tem suas próprias razões para fazer o que faz lá dentro. Ele estava lá para fazer algo espetacular, e desafiou a si mesmo para conseguir fazer o que fez enquanto estava na zona de alcance do seu adversário. Ele estava usando sua estratégia”, contou ao site MMAJunkie.

O árbitro também revelou que quando viu Anderson Silva ir ao chão achou que era apenas mais uma provocação.

“Quando ele foi acertado e caiu, achei que estava fazendo alguma encenação, já que o vi fazer algo parecido. Porém, quando me aproximei para ver melhor, pude ver que ele estava realmente inconsciente”.

Por último, o juiz também contou que foi uma surpresa ver Anderson SIlva perdendo daquela maneira.

“Acho que tudo pode acontecer quando dois caras bem treinados estão no octógono tentando um superar o outro. Mas, pela maneira como aconteceu, com o Anderson sendo pego quando estava em seus movimentos para desestabilizar o Weidman, foi surpreendente”, completou.