Share Button
Foto: Tirachardz / Freepik

Foto: Tirachardz / Freepik

Pessoas com coronavírus mas sem sintomas (os chamados assintomáticos) também transmitem o patógeno, afirmou nesta terça (9) Maria van Kerkhove, líder técnica da OMS (Organização Mundial da Saúde). De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a entidade promoveu uma entrevista extra para esclarecer declaração dada na véspera pela cientista, que, segundo ela, levou à interpretação incorreta de que assintomáticos não transmitem o coronavírus. No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro também usou a declaração para defender a flexibilização das quarentenas, mas o diretor-executivo da OMS, Michael Ryan, repetiu nessa terça que medidas de confinamento devem ser usadas para interromper o contágio enquanto não for possível testar todos os suspeitos, tratar os contaminados, rastrear os contatos e testá-los e isolá-los. Ela disse que era preciso esclarecer que, na entrevista de segunda-feira, estava se referindo “a dois ou três estudos de alcance limitados, a textos não publicados e a informações discutidas entre cientistas”, e que ainda não se sabe o suficiente sobre a transmissão em nível global. “Ainda estamos subindo a montanha desta pandemia, e temos que implementar as medidas que vimos funcionar em outros lugares. Ninguém tem todas as respostas e todo o conhecimento, mas adotamos o consenso do momento, com base no que se sabe até agora. Nós aconselhamos. Mas quem resolve o que fazer são os países”, disse Ryan.