A Associação Baiana de Imprensa (ABI) e a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Bahia, em parceria com o Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) e a Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado da Bahia (Arfoc) estão elaborando um dossiê sobre os excessos cometidos pela Polícia Militar contra profissionais de imprensa durante as manifestações do Movimento Passe Livre Salvador. O material será entregue até o final da próxima semana ao governador Jaques Wagner, à Secretaria da Segurança Pública da Bahia, à Corregedoria da PM e ao Ministério Público Federal. Ontem, profissionais de imprensa vítimas das ações da polícia foram ouvidos na sede ABI: o repórter fotográfico do CORREIO Almiro Lopes, o editor do site Bahia Notícias, Evilásio Jr, e o repórter Francis Juliano. (Correio)